MotoGP: Pilotos desafiados durante qualificações na montanha-russa algarvia

As peripécias, características e dificuldades das 15 curvas que a compõem a “montanha-russa” algarvia tornam-na numa das mais complexas e desafiantes etapas do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade 2021. A manhã foi composta por treinos livres, para que à tarde se desse lugar as qualificações, que irão decidir a ordem de partida para as corridas de amanhã.


Sucintamente, na categoria de Moto3 destacou-se o inglês John Mcphee (Petronas Sprinta Racing) com a volta mais rápida 1’47.775, seguindo-se-lhe o italiano Dennis Foggia (Leopard Racing) mantendo assim a posição do dia anterior.


Já na categoria de Moto2, os companheiros de equipa, Fernandez e Gardner continuam a “lutar” na pista, de forma bastante renhida, sendo que o destaque vai para Raul Fernandez (Red Bull KTM Ajo) com 1’42.462.


Quanto à categoria “rainha”, no terceiro treino livre a já assumida estrela francesa Fabio Quartararo (Monster Energy Yamaha) ficou em segundo lugar com um milésimo de segundo de diferença do italiano Bagnaia (Ducati Lenovo Team) 1’39.202.


Quartararo, no quarto e último treino, desce algumas posições ficando em 5º lugar, deixando Bagnaia assumir a liderança e o melhor tempo desta volta (1’39.665).

Já o português Miguel Oliveira, com milhares de apoiantes, espalhados um pouco por todo o circuito, conseguiu melhorar a sua prestação face ao dia anterior subindo cinco posições, no entanto falhou a entrada direta na Q2, uma vez que ficou em último no top 10 que permite o acesso.


Na segunda sessão de qualificações, Bagnaia (Ducati Lenovo Team) bateu um novo recorde, conseguindo assim fazer a volta mais rápida de sempre de um Grande Prémio no Algarve (1’38.725), assumindo a liderança, e sobretudo reforçando a confiança para o grande dia que amanhã lhe espera. Seguiu-se o companheiro de equipa Milller (Ducati Lenovo Team) fazendo 1’38.725 e Joan Mir (Team SUZUKI ECSTAR) com 1’38.829.


Na segunda sessão de qualificação em Moto3 destacaram-se Sergio Garcia (MuchoNeumatico GASGAS Aspar) o 3º classificado no campeonato com 168 pontos, John Macphee (Pretonas Sprinta Racing) e Adriana Fernandez (Sterilgarda Max Racing Team).


Na categoria de Moto2 quem brilhou foram as estrelas da equipa Red Bull KTM Ajo: Raul Fernandez e Remy Garcia, e amanhã, no dia decisivo, todos os olhos estarão postos nesta dupla que parece destemidamente imbatível.


Fundamentalmente, amanhã esperam-se grandes desafios na pista do Autódromo Internacional do Algarve acompanhados de muitos milhares de espetadores que, pela primeira vez, poderão presenciar a emoção e adrenalina de viver um Grande Prémio.


Se ainda não conseguiu adquirir bilhete, poderá fazê-lo ainda no helpdesk localizado no Museu de Portimão, junto à zona ribeirinha.


Ainda existem bilhetes disponíveis para domingo e os preços variam entre os setenta e cinco euros e os cento e oitenta euros, dependendo da bancada escolhida.