Banho do 29 conta com parceria e novas atividades

O banho do 29 voltará a acontecer no mês de setembro, sendo que esta edição contará com novidades relativamente à organização e às atividades que serão realizadas. A tradição voltará ao areal das praias de Portimão naquela que será a sua primeira edição após dois anos de interregno devido à pandemia.

O presidente da Junta de Freguesia de Monchique, José Silva, explicou ao Jornal de Monchique que, “se nos reportarmos aos dois últimos anos, não houve banho de 29” e que “estamos a reiniciar no pós-pandemia”. Apesar de considerar que, “no essencial, vai ser igual, não há grandes alterações”, o autarca também revelou que “há uma parceria entre a Junta de Freguesia de Monchique, que é quem é promotor do evento, e a Junta de Freguesia de Portimão” e que “está a tratar de algum apoio logístico”. Este apoio será concedido “com mesas, iluminação da praia, montagem de um palco e um barco salva-vidas”, sendo que “o barco salva-vidas e a iluminação ficam a cargo dos bombeiros voluntários de portimão”. José Silva mencionou que “Monchique contratará os nadadores salvadores, para vigilância, e tratará de levar as pessoas de cá de cima”, acrescentando que “a Câmara Municipal de Monchique suportará a animação com o grupo musical Brasa Doirada” e que “vai disponibilizar transporte, em apoio à junta de freguesia, com um autocarro ou dois”.

Em termos de alimentação, o autarca explica que “será o que cada um levar, com partilha entre todos”.

“Para além da comida e do banho em si mesmo, já à meia-noite, está a ser explorada a possibilidade de uma recriação das vestimentas dos anos 40, 50, do século XX para manterem uns vestuários de tradição”, informou.

O presidente da junta de freguesia acrescentou que a Junta de Freguesia de Portimão “está a tentar criar uma parceria com um grupo de animação da cidade, que fazem intervenção comunitária na área da etnografia, do folclore e até no teatro, para garantir que algumas pessoas possam servir de pivôs à animação”.

Relativamente ao número de particiapantes, José Silva não soube dizer “exatamente quantas pessoas mas seguramente mais de mil pessoas na praia”, acrescentando que espera que “este ano aconteça o mesmo”. “Vai ser, acima de tudo, um grande convívio com partilha, animação e festa entre as pessoas de Monchique que vão e as pessoas de Portimão que também hão de saber receber e que também ajudam a quem revive a tradição”, sublinhou.

No que toca à parceria estabelecida entre as duas juntas de freguesia algarvias, o autarca afirmou que esta serve para estabelecer “boas relações de vizinhança” e que esta surgiu em “encontros que temos tido, onde esta conversa veio ao de cima e em que combinámos levar para a frente esta iniciativa”. Sobre a possibilidade da realização de outras atividades no futuro em conjunto, este declarou que “não foi discutido ainda” e que “não temos nada neste momento em vias de ser concretizado”, mas que, “se surgir a oportunidade, haverá cooperação”.

Share Button