Lavrar o Mar apresenta jantar performativo “Paraíso” no Alferce

Depois da estreia em setembro, a cooperativa Lavrar o Mar volta a apresentar “Paraíso”, desta vez na Casa do Povo de Alferce. Há uma sessão no sábado, dia 18 de novembro, às 19h30, e outra no domingo, dia 19, às 12h30. Trata-se de um espetáculo de duas horas, para maiores de 12 anos, sob a forma de um jantar/almoço, mais precisamente “um condensado de dança, música e alimento para o pensamento”, apresenta a organização.

Este projeto é uma ideia de Madalena Victorino e nasceu em terras de Sabóia, resultando de um encontro com pessoas de idade e jovens que lá vivem, bem como um núcleo de artistas e cozinheiras.

“Vamos dançar para oferecer a sensação de uma terra movediça que não se instala e não sossega. É o servir de uma refeição que traz a água sempre à superfície, falar-se-á perto das pessoas e vai haver música, sons e canto que inundam o espaço de sentidos atravessados de contradição, mas também de mutualidade, de hospitalidade, simbiose e parceria. Estaremos todos em relação com o alimento, com o pensamento, com a acção e o som. Como se estivéssemos à mesa de uma grande mesa que não existe”, lê-se na sinopse do espetáculo.

Os bilhetes custam 12 euros e podem ser adquiridos em https://lavraromar.bol.pt/. O espetáculo voltará depois a ser apresentado em Aljezur, nos dias 25 e 26 de novembro.

Share Button