Sugestões para o mês: um livro, um filme e algumas saídas pelo Barlavento

Um livro

A Frágil Doçura do Bolo de Limão, de Aimee Bender (Marcador, 2013)

Na véspera do seu nono aniversário, Rose prova o bolo de limão com chocolate que a mãe fez e descobre ter um dom mágico: ao comer a fatia, sente as emoções da mãe. Este poder faz com que todas as comidas que Rose experimenta sejam espelhos dos sentimentos e segredos dos seus cozinheiros.

Esta obra de ficção vem com uma grande metáfora: a relação com a comida e o desenvolvimento da mesma é a perda da inocência e o aprofundar de relações. Será que queremos mesmo saber os segredos dos mais próximos? O que fazemos quando sabemos mais do que devemos? Os dons aproximam ou separam?
Um livro triste, com graça, leve mas profundo, que nos faz seguir Rose não apenas com o coração, mas também com o palato: uma experiência de alma e sabor.

Um filme

Mystic River, de Clint Eastwood (2003)

Jimmy, Dave e Sean, que cresceram juntos num bairro em Boston, voltam a encontrar-se, em adultos, pelas piores razões: a filha de 19 anos de Jimmy é assassinada e, enquanto Sean é polícia e tem, por isso, de tentar resolver o caso, Dave vê-se enrolado na situação devido a coincidências da vida associadas a uma experiência traumática vivida em criança.

Com grandes atores como Laurence Fishburne, Tim Robbins, Kevin Bacon, Sean Penn, o drama de Clint Eastwood mistura máfia, romance, mistério e psicologia. Ainda que possa ser precisa uma almofada para afundar o desconforto provocado pela forma lenta e enigmática como o filme se desenrola, vale a pena acompanhar as vidas destes três homens que se tornaram tão divergentes. Mas que permanecem, no fundo, unidos pelo passado e até desejam o bem uns aos outros – exceto se o ódio cegar e levar a decisões impulsivas.

Agenda cultural

  • Mercado Fora d’Horas“, no Mercado Municipal de Silves – 6 de setembro, às 18h

Um evento gastronómico sobre cultura local, que inclui showcookings, música, artesanato e outras animações.

  • “Algarve Surf Movie Premiere“, na Marina de Lagos – 6 de setembro, das 19h às 23h30

A acompanhar a estreia do filme sobre surf intitulado “Ground Swell”, que decorrerá durante o pôr do sol, haverá DJ’s e diferentes comidas por explorar.

  • “Live & Loud Fest”, na Alameda da República (Portimão) – entre 6 e 10 de setembro, a partir das 21h

A associação cultural Marginália promove a segunda edição do “Live & Loud Fest”, com cinco dias a celebrar a música de cinco décadas diferentes, dos anos 70 a 2010. Haverá tributos a Bob Marley, Xutos e Pontapés, Bon Jovi, Amy Winehouse e Foo Fighters.

  • “Jazz nas Adegas”, na Quinta de Mata Mouros – Adega do Convento do Paraíso (Silves) – 8 e 9 de setembro, às 21h e 17h, respetivamente

Manouche Station vai encerrar esta 6ª edição do Jazz nas Adegas, com dois concertos onde reproduzirá a sonoridade contagiante do jazz dos anos 20 e 30.

  • “Festival do Berbigão”, no Polidesportivo da Figueira (Portimão) – 9 e 10 de setembro, das 19h à 01h

O 19º Festival do Berbigão volta a prometer pratos típicos da culinária algarvia, como massa de berbigão, arroz de berbigão, papas de berbigão, além de atuações de músicos populares.

  • Masterclass Tango Evolution”, na Academia de Dança Cinco Estrellas (Portimão) – 10 de setembro, das 16h às 19h

O especialista argentino em tango Maximiliano Paradiso vai dar uma masterclass onde aprofundará os conhecimentos do tango e trabalhará a técnica de improvisação.

  • Concerto de Rentrée”, no Auditório Municipal de Lagoa – 15 de setembro, às 21h

O maestro Pedro Neves regressa à Orquestra do Algarve e dará início à nova temporada com um programa que inclui peças de Felix Mendelssohn e António Fragoso.

  • Concerto de Capicua”, no Teatro Mascarenhas Gregório (Silves) – 22 de setembro, às 21h30

A iniciativa Lado B, que promove concertos mais intimistas, volta ao Teatro de Silves com a artista Capicua, que é socióloga de formação e se considera uma “rapper militante”.

  • “Art Expo Algarve”, no Portimão Arena – entre 22 e 24 de setembro

Uma exposição de arte de artistas internacionais com entrada livre.


  • Exposição de pintura e escultura, na Galeria Porca Preta (Monchique) – até 12 de setembro

Uma exposição composta por pinturas e esculturas da autoria de José Madeira, que é natural de Sesimbra mas vive em Monchique.

  • Exposição “Desenhos Bordados”, na Galeria de St. António (Monchique) – até 19 de setembro

Uma exposição que combina desenhos da artista Zé Ventura e bordados da sua mãe já nonagenária, Maria Laura Martiniano.

  • Exposição “Fernando Pessoa, de pessoa em pessoas”, na Casa Manuel Teixeira Gomes (Portimão) – entre 8 de setembro e 31 de outubro

Uma mostra de Francisco Alberto, conhecido como Patico, “construída à luz de Fernando Pessoa” e que mistura desenhos, técnicas mistas de pintura e colagens.

  • Exposição “Entre as linhas de pescar e de tecer”, no Museu de Portimão – entre 9 de setembro e 29 de outubro

Uma seleção de trabalhos de diferentes tipologias criados por Conceição Abreu com o recurso a variadas técnicas, entre desenhos, esculturas, instalações e fotografias.

Share Button