RTA e CCDR Algarve manifestam solidariedade para com as vítimas do incêndio

O incêndio que deflagrou no concelho de Monchique, no passado dia 3 de agosto, levou a que a Região de Turismo do Algarve (RTA) e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve) emitissem comunicados onde manifestam preocupação e tranquilizam as populações e turistas.

De acordo com a RTA, que acompanhou «em permanência o evoluir da situação relativa ao incêndio rural», a prioridade foi «a segurança das populações e dos operacionais envolvidos no combate, não havendo a registar qualquer turista ferido».

Os 500 turistas «retirados, por precaução, dos hotéis de Monchique nunca estiveram em risco e puderam dar continuidade às suas férias em alojamentos junto à costa algarvia» e garante que os estabelecimentos hoteleiros se mantiveram «em ligação permanente» para assegurar a «segurança e a tranquilidade dos seus hóspedes».

A RTA reitera que «todos os visitantes do Algarve podem continuar a fruir com calma e tranquilidade as suas férias e confiar na qualidade dos serviços turísticos oferecidos pela região».

De realçar que a Vila Termal de Monchique SPA Resort reabriu hoje ao público, dia 13 de agosto.

A CCDR Algarve, que também acompanhou «desde o início a evolução do grande incêndio», manifestou num comunicado a sua «solidariedade a todas as famílias e empresas afetadas, reconhecendo o empenhamento de todos os agentes de proteção civil e entidades cooperantes, trabalho indispensável para a redução de riscos e salvaguarda de vidas humanas».

Na mesma nota informativa deixaram um apelo dirigido à Proteção Civil, na qual sublinharam a sua «confiança», e asseguram que estão «preparados para atuar no levantamento dos danos e prejuízos causados e nas intervenções necessárias». Este trabalho irá ser desenvolvido «em articulação com as autarquias locais abrangidas e no âmbito das competências do Conselho de Coordenação Intersetorial» com o objetivo de que «o Algarve continue a ser uma região segura para residentes e para turistas».

 

Foto: Alexandra Delgado