O 11 do JDM

1. A exemplo dos anos transatos e na materialização dos propósitos do programa de Iniciação ao Futebol, o nosso clube constituiu equipas nos escalões de petizes (sub-7) e de traquinas (sub-9), as quais nos representam nos encontros desportivos promovidos pela Associação de Futebol do Algarve.
2. O Monchiquense apresentou-se nesta época desportiva, tal como nos anos transatos, nas provas oficiais de Benjamins. Integrando o campeonato distrital de futebol 7, no escalão de Benjamins B, a equipa do listado azul e negro é constituída pelas crianças dos escalões de traquinas e de benjamins, traduzindo-se numa das turmas mais jovens da respetiva prova.
3. O clube participa no Campeonato Distrital de Infantis (Sub-12), série 3, em futebol 7, tendo como adversários o CD Montenegro, CDR Quarteirense, FC São Luís e LGC Moncarapachense. Neste projeto, o JDM integra os jovens dos escalões de infantis B e de benjamins A, ou seja os menores de 12 anos, tendo sido a opção da Direção para a viabilização dos projetos de Benjamins B e de Iniciados e, dessa forma, garantir a resposta ao maior número de jovens monchiquenses na sua inclusão no futebol.
4. A nossa equipa de INICIADOS (sub-15) passou à 2.ª fase do campeonato distrital de segunda divisão, em futebol 11, promovido pela Associação de Futebol do Algarve, onde vai disputar as posições 9.ª a 12.ª da classificação geral daquela prova. O sorteio determinou os adversários que os nossos jovens vão ter pela frente, a saber: AEF Faro, SR 1.º Janeiro e UD Messinense. Os jogos tiveram início em 03-abr e termina a 15-maio. Na primeira jornada conseguimos uma vitória de 7-1 sobre o Messinense.
5. A nossa equipa de Juvenis (sub-17) passou à 2.ª fase do campeonato distrital de primeira divisão, em futebol 11, promovido pela Associação de Futebol do Algarve, onde vai disputar a manutenção naquele nível. O sorteio determinou os adversários que os nossos jovens vão ter pela frente, a saber: FC Ferreiras, FC São Luís, GD Lagoa, IC Almancil e Imortal DC. Os jogos tiveram início no dia 20-mar e termina no último domingo de maio (dia 29). Entretanto, à segunda jornada da segunda fase, a nossa equipa encontra-se em quinto lugar, com 12 pontos, após uma derrota por 0-1 frente ao IC Almancil e uma vitória por 3-1 diante do Imortal DC. A actual classificação permite a manutenção na primeira divisão.
6. A equipa que merece o maior destaque e exposição representa-nos no Campeonato Distrital de 1.ª Divisão de Seniores, no ano que este escalão sofre uma alteração significativa passando de 16 equipas para doze. Após um período sem vencer, o team orientado por Luís Inácio na mais recente jornada venceu o Padernense Clube por 2-1. A vitória permitiu amealhar mais três pontos e subir uma posição na classificativa (agora em décimo quarto), pese embora ainda na zona de despromoção.
7. A Secção de Veteranos prossegue a sua dinâmica com treinos e jogos de futebol, bem como os convívios enquanto visitantes ou na receção a equipas congéneres de outros clubes. Na última digressão os nossos ‘velhas-guardas’ foram a Vila Real de Santo António conseguir um empate a duas bolas.
8. Encontram-se em funcionamento os projetos Dance Kids e Fitness Class, com duas aulas semanais – à terça e à quinta-feira –, no edifício-sede, assegurando uma resposta desportiva qualificada a públicos não abrangidos pela oferta existente, em especial do género feminino.
9. No próximo dia 25-abr realizar-se-á mais uma edição do passeio Cicloturismo da Liberdade, assinalando a efeméride da Revolução dos Cravos, consistindo na habitual visita às sedes das três freguesias, contando com o apoio e o envolvimento das autarquias locais (Município e Freguesias).
10. No próximo dia 28-abr-2016 reúne a Assembleia Geral para apreciar e votar o relatório de atividades e a prestação de contas do ano de 2015. Trata-se de uma sessão ordinária do órgão social que se constitui com o plenário de sócios efetivos do clube. A referida reunião terá lugar no edifício-sede, com início às 21h00. Esta informação não dispensa a leitura da convocatória.
11. Aproveitamos o ensejo para informar que ainda pode ser regularizada a quotização por parte dos associados que até à presente data não o fizeram. A quotização constitui uma importante receita para as coletividades, preconizando um contributo para a dinâmica associativa, bem como a participação dos associados na vida das associações.