Monchique criou posto de turismo móvel para preservar memórias dos visitantes

A Câmara Municipal de Monchique está a desenvolver uma campanha de verão no Largo dos Chorões, até dia 15 de setembro, para «consolidação da marca Monchique como um concelho único no Algarve, quer pela sua morfologia geográfica, quer pela relação que estabelece com os seus visitantes».

«Promover a interação dos turistas com as ‘gentes’ do concelho, divulgar os principais pontos de atração e a experiência das diferentes atividades, criar memórias inesquecíveis da visita ao concelho e prolongá-las no regresso a casa» são os objetivos principais desta ação, explica a CMM, em comunicado.

«Com esta dinâmica, o turista é convidado a escrever um postal a um familiar e/ou amigo, que será colocado numa caixa de correio especialmente criada para o efeito, de forma a ser enviado para a morada escolhida», esclarece a CMM. É, depois, tirada uma fotografia polaroid e oferecido um guia de visita ao concelho e a fotografia como recordação. Nesta imagem «ficará registada a visita ao concelho, assim como a interação com os artesãos que durante estes dias integram esta dinâmica, com a demonstração de trabalho ao vivo da sua arte ou ofício. Trata-se de uma ação pessoal e de abordagem direta ao turista, que permite ainda a promoção de Monchique através do conselho ou opinião de um familiar ou amigo que recebe na sua casa uma mensagem e convite a visitar o Topo do Algarve», sublinha a CMM.

Para a campanha foi criado um conjunto de vinte postais do concelho e do artesanato mais icónico como as cadeiras de tesoura, as bonecas de trapo, as mantas e peças tecidas em tear tradicional, a cestaria, as rendas, entre outras, «de forma a valorizar esta importante componente da cultura e património local».

Os recursos humanos que dinamizam esta iniciativa são jovens residentes em Monchique, com idades entre os 18 e os 35 anos, que estão integrados no programa de ocupação de tempos livres de verão.

 

24 - postal 1

 

Fotos: Município de Monchique