Ciclo “O Filme Francês do Mês” decorre no Museu de Portimão até setembro

O Museu de Portimão volta a mostrar o que de melhor produzem os realizadores gauleses, através da sexta edição da iniciativa “O Filme Francês do Mês”, que estará de regresso ao Museu de Portimão no dia 25 de janeiro e se prolongará até setembro próximo, sempre às 21h00, com entrada gratuita.

“Esta programação reúne sete filmes que, na sua interessante diversidade, constroem uma boa amostragem do cinema francês contemporâneo, ao sugerirem uma estimulante ideia de prospetiva de uma geração de cineastas”, sublinha o Município de Portimão, em comunicado.

Todos os filmes são exibidos na última quinta-feira do mês e em versão original francesa, com legendas em português, nas seguintes datas: 25 de janeiro – “Pétaouchnok”, de Edouard Deluc; 29 de fevereiro – ” Eugénie Grandet” de Marc Dugain; 28 de março – “Au nom de la terre”, de Edouard Bergeon; 18 de abril – “Les goûts et les couleurs”, de Michel Leclerc; 29 de maio – “La Fracture”, de Catherine Corsini; 27 de junho – “À l’abordage”, de Guillaume Brac ; e 26 de setembro – “La page blanche” -de Murielle Magellan.

O ciclo “O Filme Francês do Mês” tem conquistado, ano após ano, mais entusiastas, tornando-o num ciclo cinematográfico bem acolhido pelos cinéfilos e francófilos do Algarve, sob o objetivo de proporcionar ao público um vasto leque de emoções e de temas de reflexão, através de comédias, dramas, romances e documentários.

Promovido conjuntamente entre a Alliance Française do Algarve, o Institut Français e o Grupo dos Amigos do Museu de Portimão (GAMP), além de divulgar junto do público algarvio os grandes êxitos cinematográficos na língua de Molière, o ciclo também visa atrair os muitos franceses que, cada vez mais, vivem na região ou passam férias no Algarve, permitindo-lhes em contraponto conhecer a história e o património regionais.

A Alliance Française do Algarve, cuja sede se localiza em Faro, é uma associação sem fins lucrativos com o objeto de divulgar da língua e da cultura francesas, fazendo parte das suas atividades o ensino do francês e do português para francófonos, além da realização de exames de francês e traduções, entre outras ações.

Em março de 2018, a entidade decidiu alargar a sua presença ao barlavento algarvio e estabeleceu um protocolo de parceria com o GAMP, visando estreitar os laços amigáveis e culturais com o tecido associativo local, graças aos quais o ciclo “O Filme Francês do Mês” começou a ter lugar em Portimão, também abrangendo a partir deste ano as cidades de Loulé e Faro.

Share Button