Bombeiros voluntários recebem donativos

Os incêndios que deflagraram, no concelho de Monchique, de 3 a 9 de setembro geraram algumas iniciativas a favor da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monchique (AHBVM). É o caso da que o Natural Group, empresa sediada em Almancil e proprietária de um grupo de restaurantes, realizou no passado dia 17 de setembro. Durante uma noite solidária as receitas geradas nestes estabelecimentos reverteram para os BVM. O montante ascendeu a 10 mil euros e foi entregue pelos representantes da empresa no 28 de setembro, em Monchique.

Para o porta-voz do Natural Group «é um privilégio apoiar os bombeiros voluntários, que arriscaram as suas vidas no combate ao fogo.», reconhecendo «a sua dedicação à proteção da comunidade» e intitulando os bombeiros como « verdadeiros heróis que merecem o nosso apoio e reconhecimento».

Outra ação em prol da corporação de Monchique foi realizada pelo Café da Vila, no dia 24 de setembro, para a aquisição de coletes tipo camelback, que servem para colocar água e proteções contra incêndios, e que, ao que o Jornal de Monchique conseguiu apurar, rendeu cerca de 400 euros.

No total, segundo a direção da AHBVM, «já foram doados cerca de 15 mil euros», que ainda não quis adiantar no que é que este valor vai ser utilizado.

Grupos informais de cidadãos, restaurantes, pessoas particulares, associações e empresas como o Intermarché, a BP de Monchique, a Santa Casa da Misericórdia de Monchique, o Lions, o Golfe Pinheiros Altos, o Recheio e a Makro também auxiliaram aos BVM, «para além da boa colaboração existente com as juntas de freguesia do concelho e com a Câmara Municipal de Monchique e o apoio da população, o trabalho realizado pelos bombeiros no combate aos incêndios dignificou a corporação», admite a direção.

Vai ainda realizar-se uma noite de fados com a presença de Adriana Marques, de João Chora e Custódio Castelo, no Parque da Mina, no dia 15 de outubro, onde todo o dinheiro angariado reverte também para os BVM.