Algarve vai acolher a gala da 1ª edição do Guia Michelin Portugal

O Algarve foi escolhido para ser palco da realização da gala da 1.ª edição do Guia Michelin Portugal. Esta cerimónia, que vai acontecer no próximo dia 27 de fevereiro, em Albufeira, conta com o apoio institucional do Turismo de Portugal e do Turismo do Algarve e vai apresentar, pela primeira vez, a seleção de restaurantes portugueses distinguidos com estrelas Michelin, separadamente da seleção de Espanha.

“A gastronomia do Algarve é um excelente desafio para Chefs e entusiastas gastronómicos de todo o mundo”, defendeu numa conferência de imprensa André Gomes, presidente do Turismo do Algarve, acreditando ser esta uma das grandes razões que justificaram a escolha da região para anfitrião da gala. Citado em comunicado, André Gomes refere que “temos no Algarve uma cozinha única, que combina saberes e sabores da serra, do mar e da ria, que conjuga a tradição com a inovação gastronómica, e que, acima de tudo, reflete, de forma fiel, a cultura local, transportando em si uma riqueza histórica e um conjunto vasto de influências de todas os povos que por aqui passaram”. 

Entre muitos outros participantes, este evento exclusivo contará com a presença de um elenco de luxo composto por Chefs do Algarve, todos eles detentores de estrelas Michelin, que ficará responsável por proporcionar aos convidados um jantar composto por alguns dos pratos mais emblemáticos da cozinha portuguesa. Refira-se que o Algarve concentra, de momento, oito restaurantes Michelin no total, dois dos quais ostentam duas estrelas.

“O reconhecimento da gastronomia local é, cada vez mais, um elemento diferenciador do Algarve junto dos seus visitantes e fator de atração de novos turistas. Há, da parte do Turismo do Algarve, um compromisso crescente, quer ao nível da valorização dos produtos regionais, como do apoio ao desenvolvimento de projetos, rotas e eventos que permitam uma imersão na cozinha da região, como forma de promover a sua sustentabilidade e autenticidade”, sublinha o Turismo do Algarve. “Alguns exemplos de projetos a destacar são o “Algarve Craft & Food”, o “Algarve Cooking Vacations” ou “O Algarve na Dieta Mediterrânica”.

Neste contexto, a expectativa do Turismo do Algarve é a de que a realização da Gala Michelin no Algarve possa também contribuir para amplificar a visibilidade do Algarve a nível global e o seu reconhecimento como destino gastronómico de excelência. Recorde-se que o programa em torno desta cerimónia inclui ainda uma série de atividades paralelas, entre as quais um debate sobre “O Valor da Gastronomia na Experiência Turística”, agendado para 6 de fevereiro e que terá, entre o painel de oradores, figuras como o chef José Avillez e a chef Marlene Vieira, Lídia Monteiro, em representação do Turismo de Portugal, e profissionais especializados ligados à área da gastronomia como Rafel Tonon, João Wengorowius e Nuno Nobre.

Share Button