Alcalar promove viagem de um dia à Pré-História

Os Monumentos Megalíticos de Alcalar vão permitir uma recriação pré-histórica para assinalar o «Dia Internacional dos Monumentos e Sítios», no dia 21 de abril, entre as 10h00 e as 19h00.

Os participantes vão poder «conhecer de uma forma interativa o quotidiano das populações pré-históricas através de um conjunto diversificado de ateliês práticos e didáticos representativos das atividades de caça, olaria, tecelagem, fabrico de ferramentas, processos de talhe, preparação e cozedura de alimentos, fabrico de cerveja pré-histórica, fabrico de instrumentos agrícolas e adornos, transporte de grandes monolíticos e moagem», explica o comunicado enviado pela Câmara Municipal de Portimão.

Entre o leque de ofertas de atividades encontram-se uma oficina de gravura com base nos padrões gráficos das placas de xisto e um  atelier onde serão explicados os processos de fundição do cobre. A arqueologia vai estar presente com «um conjunto de propostas que permitirão ao visitante participar e assistir à preparação dos alimentos até à sua confeção».

Integrado no programa «365 Algarve», a «Orquestra de Percussão da Academia»(OPA) vai marcar presença num espetáculo musical. Este grupo pertence à Orquestra InterCultural, dirigido por Vasco Ramalho e que «consiste num projeto de aprendizagem da linguagem mais inclusivista de todas – a música». A OPA é «exclusivamente por jovens oriundos de países terceiros à União Europeia, procura promover um enriquecimento do próprio legado cultural específico através da percussão, particularmente das comunidades de africanas e brasileiras».

Esta recriação histórica integra um conjunto de iniciativas que têm sido desenvolvidas desde 2006 pelo Museu de Portimão nos Monumentos Megalíticos de Alcalar (Monumento Nacional) e é um dia que proporciona experiências «fundamentadas pelos estudos já realizados sobre o território Alcalarense e os trabalhos desenvolvidos por parte de investigadores das universidades de Estugarda, Córdoba e pelo Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa».

O programa das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios tem um «significativo apoio financeiro» que é resultado da candidatura realizada pelo Grupo de Amigos do Museu de Portimão ao Programa DiVaM, da Direção Regional da Cultura do Algarve, e conta com a ajuda de um grupo de voluntários  colaboram com a equipa do museu e contribuem para a dinamização das atividades.

A edição deste dia aberto é organizado pelo Museu de Portimão e a Direção Regional de Cultura do Algarve, em colaboração com o Município de Monchique e as Juntas de Freguesia de Portimão, Alvor, Mexilhoeira Grande e o Grupo de Amigos do Museu de Portimão.