Vicentina inicia SerrAdentro em Monchique para maior intervenção junto da comunidade

A VICENTINA – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste vai iniciar em setembro o projeto SerrAdentro, em parceria com o Município de Monchique, que está integrado na 4.ª geração de contratos locais de desenvolvimento social (CLDS-4G).

Segundo a Vicentina “os objetivos são claros e espelham uma das missões que a Associação tem vindo a prosseguir ao longo dos anos: promover o desenvolvimento social, através do trabalho em proximidade com as comunidades, dando especial atenção aos grupos populacionais, com maiores necessidades de apoio e capacitação”.

O SerrAdentro, promovido pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, cofinanciado pelo CRESC Algarve 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu, tem a duração de 36 meses e conta com três eixos de intervenção: emprego, formação e qualificação; intervenção familiar e parental e, promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa.

“Pretende-se, através da integração de uma equipa multidisciplinar, otimizar os recursos disponíveis na comunidade, criando assim uma maior igualdade de oportunidades junto da população”, esclarece a Associação.

“Um exemplo deste tipo de intervenção é o CAFC- Centro de Apoio à Família e à Comunidade, dinamizado pela Vicentina há largos anos, em parceria com o Município de Monchique, projeto esse que resultou de um anterior CLDS. Mesmo após o término desse contrato, ambas as entidades continuaram a prestar “apoio social e terapêutico às famílias, crianças e jovens, desenvolvendo uma ação multifocal junto da população através de várias respostas”, explica a Vicentina. “Esta estratégia de intervenção vem agora ser reforçada com o novo projeto SerrAdentro que vai permitir alargar o âmbito da intervenção junto à comunidade”, reforça.

As expectativas da VICENTINA “são que estas novas dinâmicas se consolidem e permaneçam no concelho, sempre com o objetivo de dar continuidade e de gerar novas formas de intervenção e inovação social”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *