VI Festival Internacional de Percussão de Portimão

O concelho de Portimão recebe entre 24 e 28 de fevereiro o VI Festival Internacional de Percussão de Portimão [FIntPP] e III ENCONTRóBAIXO, que tem o Carnaval como pano de fundo. Estes eventos são promovido pela Academia de Música de Lagos – Conservatório de Música de Portimão Joly Braga Santos.

O evento reunirá músicos de renome nacional e internacional, entre os quais Vincent Houdijk (Holanda), Nuno Aroso (Portugal), Vicky Marques (Portugal), André Silva (Portugal), Dave Boyd (Frame Drums Atlantic, Irlanda), Rui Silva (Frame Drums Atlantic, Portugal), Sérgio Almeida (Rhakkatta, Portugal), Miguel Ralha (MISSOM) respetivamente no Vibrafone, Marimba, Bateria I e II, Bodhrán, Adufe, Percussão Africana e Ateliers Didácticos.

À VI edição do festival junta-se mais uma vez o já icónico ENCONTRóBAIXO, que na sua III edição trará o aclamado grupo de jazz português Carlos Barretto Lokomotiv (Portugal), Marc Ramirez (Metropolitana de Lisboa / EUA), Hugo Santos (Portugal), Luisa Marcelino (Portugal), Jean-Christian Houde (Orquestra Clássica do Sul / Canadá) e Gabor Bolba (Orquestra Clássica da Madeira / Hungria).

Do programa fazem parte mais de 15 workshops/masterclasses e 6 concertos, que se distribuirão por várias zonas da cidade, como o TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, o Museu de Portimão, a Casa Manuel Teixeira Gomes, o Coreto de Portimão, o Largo da Mó, a Alameda da Praça da República e a Antiga Lota de Portimão.

No dia 24 de fevereiro, pelas 10h30, vai se realizar o Grande Desfile de Abertura com o grupo BOMBOÉMIA (Universidade do Minho), com a participação dos alunos das Escolas do Ensino Básico de Portimão com início na Alameda da Praça da República de Portimão e término no Largo 1º de Maio (Praça do Município).

A grande novidade desta edição passa pela realização de Desfiles de Carnaval organizados pela Academia de Música de Lagos / Conservatório de Música de Portimão e o Glória ou Morte Portimonense, onde os marchantes desta coletividade irão participar no mítico Desfile da Terça-Feira de Carnaval pelas ruas de Portimão.

Esta edição vai ter um ritmo contagiante com a música de percussão e com a participação de alunos das Escolas de Portimão que irão realizar performances através de elementos básicos da percussão e de ritmo: com cartão, latas, areia, etc.. Os ritmos vão ecoar pelo centro histórico acompanhados pelos icónicos “Bomboemia” e pela Orquestra de Percussão, trazendo brilho dos ritmos portugueses e brasileiros ao “calor” de Portimão.

No dia 24 de fevereiro, pelas 21h30, o TEMPO – Teatro Municipal de Portimão recebe o primeiro espetáculo que será dedicado ao Jazz. “Carlos Barretto Lokomotiv” que celebra 20 anos de carreira em 2017 e irá colocar em cena Carlos Barretto – um dos propulsores da popularidade do contrabaixo em Portugal a par de Carlos Bica e Zé Eduardo – que fará também 40 anos de carreira em 2017. Virá acompanhado por dois grandes músicos do jazz nacional, o guitarrista Mário Delgado e o baterista e percussionista José Salgueiro, seguindo várias tendências do jazz, a música improvisada, o rock, as músicas do mundo e a clássica.

No dia seguinte, 25 de fevereiro, pelas 21h00 irá ter lugar no Largo 1º de Dezembro o “Chamamento” dos BOMBOÉMIA (Universidade do Minho) que dará o mote para o espetáculo agendado para as 21h30 no TEMPO com a Música Contemporânea e exuberante dos Simantra Grupo de Percussão, um dos principais motores da criação e promoção da percussão contemporânea em Portugal, que terão como convidados especiais Vasco Ramalho na marimba (Diretor Artístico FIntPP) e Vicky Marques na bateria, exímio no cruzamento de influências em Etno/Latin. O recurso às novas tecnologias e efeitos de luz complementam a complexidade musical num espectáculo único aliado aos ritmos e melodias produzidas pelos instrumentos de percussão como marimbas, vibrafones, xilofones, glockenspiels, timbalões, congas, bongós, entre outros. A anteceder este espetáculo, pelas 21h00, no Largo 1º de Dezembro, em frente ao TEMPO | Teatro Municipal de Portimão.

A Casa Manuel Teixeira Gomes recebe no dia 26 de Fevereiro, pelas 19h00, a terceira noite do Festival com Música Romântica escrita para Contrabaixo. “From Portimão With Love…” juntará Marc Ramirez (Metropolitana de Lisboa / EUA) e Bruno Martins (Diretor Artístico ENCONTRóBAIXO) que serão acompanhados por Vasco Amores no piano, trazendo temas de Giovanni Bottesini, Lloyd Goldstein e John Williams.
No mesmo dia, mas pelas 21h30, o Auditório do Museu de Portimão será palco de uma noite de Música Improvisada que trará um programa em torno dos ritmos Ocidente-Oriente dos “Frame Drums Atlantic” – com Rui Silva (Adufe, electrónica, voz) e Dave Boyd (Bodhrán, Electronica, Voz). A eles juntar-se-á Nuno Aroso, uma das referencias do experimentalismo e improvisação do panorama da percussão em Portugal.
No dia 27 de fevereiro, pelas 19h00, a Antiga Lota de Portimão recebe “Músicas do Mundo” com um programa em torno dos ritmos afro tribais dos já habituais Rhakatta (Loulé, direcção artística de Sérgio Pereira) para entrar em grande na Terça-feira de Carnaval, em parceria com a Associação Glória ou Morte Portimonense.
O tradicional concerto de encerramento com todos os participantes terá lugar na Terça-Feira de Carnaval, dia 28 de fevereiro, pelas 21h30, no Grande Auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, sob direção artística de Vasco Ramalho (VI FINTPP) e Bruno Vítor (III ENCONTRóBAIXO).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *