Verão por aí: Belfast & Dublin 2017

Novamente na companhia do Ricardo, da Marília, da Susana e desta feita também da Adelaide, segui viagem até à Irlanda do Norte, mais concretamente até Belfast, com partida de Faro.

Chegámos à capital da Irlanda do Norte a meio do dia, aproveitando a tarde para ver as vistas, passear um bocado, terminando com a descoberta do edifício mais antigo da cidade, que alberga um pub, onde acabámos por assentar arraiais e provar as nossas primeiras cervejas.

O dia seguinte levou-nos em passeio de autocarro pela Antrim Coastal Road com o propósito primordial de visitar a Calçada do Gigante (Giant´s Causeway), uma interessante formação rochosa que constitui a principal atração da Irlanda do Norte. Segundo a lenda, o Gigante Finn McCool construiu esta calçada para chegar à ilha de Staffa na Escócia onde vivia o seu rival e também gigante Benandonner, ilha que tem formações rochosas semelhantes às que visitámos.

Durante a excursão fomos brindados com alguns cenários da série «A Guerra dos Tronos», agora transformados em locais de visita obrigatória, não só para os fãs da série, como para o turista, em geral.

O final de tarde foi aproveitado para mais um passeio pela cidade, nesta nossa curta visita, já que no dia seguinte partimos de autocarro para Dublin.
Bem maior que Belfast e com bem mais para visitar, aproveitámos a tarde, um tanto ou quanto chuvosa, para travar conhecimento com a capital da República da Irlanda, uma cidade com uma população jovem, com muitos emigrantes na sua maioria jovens e repleta de vida e animação.

Nesta Sexta-feira Santa não nos foi possível alargar o nosso leque de degustação de cerveja, já que uma lei bem antiga proíbe a venda de bebidas alcoólicas neste dia, que os estabelecimentos respeitam.

O mesmo já não sucedeu no dia seguinte em que visitámos a fábrica de cerveja da Guiness, que constitui a atracão número um da cidade, podendo saborear no final da visita esta cerveja, sobejamente conhecida em todo o mundo, no Gravity Bar, numa das melhores vistas de Dublin.

Uma das zonas mais emblemáticas da cidade é Temple Bar com a sua mescla de restaurantes, pubs, bares, lojas e mercados, onde almoçámos e passámos um bocado antes de irmos em busca dos nossos amigos Mauro e Jana, que chegavam neste dia e que se juntariam a nós nos restantes dias que aqui passámos.

Para o Mauro e a Jana a viagem foi mais curta já que residiam em Londres. Em agosto deixaram esta cidade para iniciar uma volta ao mundo de cerca de um ano. De momento encontram-se no Sudeste Asiático, tendo já passado por África.

Com o grupo alargado, passámos o domingo de Páscoa em visita pela cidade com a nossa guia Jana a tomar as rédeas das nossas passeatas, já que era conhecedora desta cidade onde já viveu. Não terminámos a tarde sem degustar mais umas deliciosas cervejas num pub, para mais tarde irmos jantar num restaurante que tinha danças tradicionais que podemos apreciar após a refeição.

O dia seguinte soava já a despedida. Passámos a manhã juntos para dizermos adeus ao Mauro e à Jana que regressavam a Londres, enquanto nós voltámos para Faro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *