Unidade de Saúde Familiar Amendoeira vai ser inaugurada em Lagos

O concelho de Lagos vai ser reforçado nos cuidados de saúde com uma nova Unidade de Saúde Familiar (USF). A inauguração está marcada para sexta-feira, dia 13 de abril.

 

O Centro de Saúde de Lagos vai passar a ter em funcionamento mais uma área de resposta aos cuidados de saúde primários e recebe a segunda USF do concelho e a terceira do Agrupamento de Centros de Saúde do Barlavento (ACES Barlavento).

A nova unidade – USF Amendoeira – «vai possibilitar a fixação de mais médicos de Medicina Geral e Familiar no concelho de Lagos, permitindo um aumento da cobertura assistencial aos cidadãos inscritos sem médico de família no Centro de Saúde», explica o comunicado enviado pela Câmara Municipal de Lagos (CML).

Esta unidade contará com uma equipa multiprofissional de 8 médicos, 9 enfermeiros e 7 secretárias clínicas para assistir cerca de 13 600 utentes. Os cuidados primários que serão prestados nesta USF passam pelas áreas «de vacinação, da saúde do adulto e do idoso, a grupos vulneráveis (saúde infantil e juvenil; saúde materna; planeamento familiar; rastreios oncológicos) e a grupos de risco (diabetes; hipertensão arterial; hipocoagulação)», segundo a mesma fonte.

Os serviços serão prestados de  segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, assim como nas extensões de Bensafrim e Odiáxere que funcionarão de segunda a sexta-feira, em horário variável, das 8h às 17h.

Para marcação de consultas com antecedência, estas podem ser programadas presencialmente, por telefone ao  e-agenda ou email, na USF ou, em casos específicos, no domicílio. Os serviços são realizados no próprio dia na USF em caso de «doença aguda ou outras cuja avaliação o justifique». Os serviços mínimos serão assegurados, em caso de ausência da respetiva equipa de família do utente, por outros profissionais, em sistema de intersubstituição.

As USF são «pequenas Unidades Operativas dos Centros de Saúde com autonomia funcional e técnica, que contratualizam objetivos de acessibilidade, adequação, efetividade, eficiência e qualidade, e que garantem aos cidadãos inscritos uma carteira básica de serviços», atenta o comunicado.

A primeira USF de Lagos foi inaugurada a 10 de maio de 2016 e tem dado resposta a cerca de 10 mil utentes sem médico de família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *