Três dias de festival para afirmar camélias como elemento diferenciador do concelho

A 2.ª edição do Festival de Camélias realiza-se nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro, numa organização da Câmara Municipal de Monchique (CMM), com o apoio da Associação Portuguesa de Camélias.

De acordo com a CMM, «este evento pretende continuar a afirmar as camélias como mais um elemento diferenciador deste concelho», pelo que o programa do festival apresenta uma série de iniciativas que visam «continuar a mostrar o esplendor da beleza desta magnífica flor».

Ao longo destes três dias, o público vai ter a oportunidade de visitar e participar na exposição e concurso «Camélias em flor – encanto e beleza natural», no mercado de camélias, na mostra de artesanato e nos vários workshops e ações de plantação previstos.

À semelhança da edição anterior, este ano o festival volta a contar com o concurso fotográfico «Camélias de Monchique», que vai dar a conhecer, «através da fotografia, as variedades de camélias existentes no concelho, bem como sensibilizar os concorrentes para a beleza da flor», e com a Rota das Camélias, na qual «será dado o mote para os participantes partirem à descoberta das camélias através dos percursos exuberantes da serra de Monchique».

A grande novidade deste ano é a inclusão de mais um dia no festival. A CMM acrescenta que é sua intenção «incluir uma dinâmica com a comunidade escolar e realçar, junto dos mais novos, este ícone representativo de Monchique e da identidade local».

 

Para Rui André, presidente da edilidade de Monchique e “colecionador” desta planta «este ano o Festival conta com mais um dia, num total de 3 dias dedicados a esta flor, sendo intenção da organização incluir uma dinâmica com a comunidade escolar e realçar, junto dos mais novos, este ícone representativo do concelho e da identidade local. Para além disso, temos uma aposta em momentos diferentes ao que estamos habituados em festivais desta natureza, como a apresentação de Teatro Circo, Concerto de Violino e Harpa Céltica, a doçaria, as exposições e workshops de trabalhos artesanais associados a esta Flor entre tantas outras iniciativas que são demonstrativas de uma aposta clara na consolidação do evento e da promoção das Camélias do nosso Jardim do Algarve, do Topo do Algarve, de Monchique!.»

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *