Tradição que se preserva e transmite aos mais novos

Antigamente, na passagem do dia 31 de dezembro para o primeiro dia do mês de janeiro, cantavam-se as Janeiras pelos campos, pelas ruas, tabernas ou casas particulares. O propósito dessas cantigas era desejar um próspero ano novo aos habitantes dessas casas e às pessoas que nesses locais se encontravam. E na noite do dia 5 de janeiro cantavam-se os Reis, para anunciar o Nascimento de Jesus. Quem ouvia cantar estes grupos, como agradecimento, costumava oferecer uma linguiça, um pão, vinho, dinheiro, entre outros.

Para não acabar com esta tão bonita tradição, as escolas e a Junta de Freguesia de Monchique todos os anos assinalam o Dia de Reis.

Os alunos do Pré-Escolar e do 1º Ciclo, com suas coroas nas cabeças, cantam para os colegas nas respetivas escolas e também vão cantar ao Lar de Idosos. A Junta de Freguesia continua a organizar um encontro de joldas, na noite de Reis – 5 de janeiro. Neste evento, além dos diferentes grupos de adultos, também participam alguns grupos de alunos do Agrupamento de Escolas de Monchique juntamente com pais e encarregados de educação.

Este ano, veio também juntar-se a Monchique e recordar esta tradição o Grupo Beira Serra de Almodôvar (Baixo Alentejo). Este grupo, durante o mês de janeiro, anda cantando pelas vilas, aldeias e montes alentejanos e algarvios, por isso passou na nossa vila e nas nossas escolas, no dia 16 de janeiro,
a convite de uma docente do Agrupamento. Os músicos janeireiros tocaram viola campaniça, viola tradicional, bombo e cavaquinho. Explicaram o significado das Janeiras aos alunos, professores e a toda a comunidade que os ouviu e aplaudiu. No final da visita foram também recebidos na Câmara Municipal e gratificados pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal e pela Sra. Vereadora. Todos se encantaram com uma alegria e boa disposição contagiante.

Os alunos interagiram colocando algumas questões que o porta-voz do grupo teve a maior satisfação em responder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *