Teatro marca fim do ano letivo em Lagos

O final do ano letivo traz a Lagos três peças de teatro preparadas pelos alunos do Projeto NAIA – aulas de teatro para crianças e jovens do TEL, nos dias 22 e 23 de junho, pelas 21h00, no Auditório do Centro Cultural.

No dia 22, a «História do Cão Velho» abre as cortinas do palco com o cenário de quinta dos campos da Ucrânia. Este conto ucraniano foi dado a conhecer à turma através do premiado filme de animação «There once was a dog» (1983), de Eduard Nazarov e retrata um cão que começou a descurar o seu trabalho de cão de guarda. No fim da sua vida, o cão vai descobrir o que é amizade, mesmo quando esta pode ser vinda de um antigo inimigo.

A peça tem uma duração de 20 minutos e o elenco é composto pelos alunos da classe dos 7 aos 11 anos.

«O segredo de Chantel» é um texto da autora portuguesa Hélia Correia e vai ser representado pelos alunos da classe dos 11 aos 14 anos.

A peça retrata um «futuro próximo, uma comunidade isolada do mundo dentro de um condomínio onde há sempre luz e a vida é tranquila e segura. Lá fora há a noite, a escuridão e o medo. Entre estes dois mundos desconhecidos, Chantel atreve-se a abrir uma ligação, na sua desesperada busca pela arte de sonhar».

A última peça a ser representada é no dia 23 junho, pela classe dos 14 aos 18 anos, intitula-se de «Rinoceronte» e remete para uma «pacata cidadezinha, num domingo, [em que] um rinoceronte passa a correr na praça. A partir deste acontecimento, desencadeia-se uma psicose coletiva irreversível». Tem a duração de 60 minutos, da autoria de Eugéne Ionesco, é vista «por muitos como uma parábola da invasão da Europa pelo fascismo, principalmente relacionada com o sentimento do próprio Ionesco antes de deixar a Roménia em 1938, quando alguns dos seus conhecidos aderiam cada vez mais ao movimento totalitarista».

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *