RTA e IEFP apresentam medida de apoio ao emprego para jovens

Uma parceria entre a Região de Turismo do Algarve (RTA) e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) resultou na apresentação de uma medida de apoio aos jovens que visa promover oportunidades de emprego para estudantes em período de férias escolares.

Esta iniciativa, que «prevê a contratação temporária de jovens com mais de 16 anos que se encontram ainda a estudar, mas que procuram enriquecer as suas experiências e adquirir novos conhecimentos para a transição para a vida profissional ativa», pretende «criar novas dinâmicas e sinergias no mercado de trabalho no setor turístico», lê-se na informação enviada pela RTA.

«Para a sua execução, as empresas empregadoras poderão contactar diretamente as escolas, centros de formação profissional e universidades ou anunciar as oportunidades através das suas plataformas de comunicação próprias, dos meios de comunicação social e de plataformas eletrónicas».

Quanto aos jovens que pretendam trabalhar no período de férias escolares deverão «efetuar a sua inscrição junto das empresas, nos seus sites, ou através de qualquer das plataformas de emprego existentes.»

A «medida de apoio ao emprego remunerado acautela a garantia de direito a benefícios atribuídos pela Segurança Social, designadamente o abono de família e bolsa de estudo, não inibe as entidades empregadoras de propor um estágio profissional, apoiado pelo IEFP, e não prejudica a elegibilidade dos candidatos a emprego à Medida Contrato-Emprego, dentro dos termos previstos».

João Fernandes, presidente da RTA, considera que «esta iniciativa é reflexo de um trabalho que tem vindo a ser desenvolvido em conjunto com o IEFP Algarve, bem como com diversas entidades a operar no setor, e vem reforçar a resposta em termos de recursos humanos em épocas de maior afluência turística na região». O responsável da RTA acrescenta que a medida «é também importante por promover momentos de aprendizagem e de contacto dos jovens com um setor de oportunidades, dinâmico e de futuro».

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *