Remco Evenepoel vence Volta ao Algarve 2022

Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinyl Team) foi o grande vencedor da 48.ª edição da Volta ao Algarve. O ciclista belga, que já tinha ganho a prova algarvia em 2020, garantiu o triunfo na última etapa que ligou Lagoa ao Alto do Malhão e que foi ganha pelo colombiano Sergio Higuita (Bora-Hansgrohe).

A vantagem sobre a concorrência tinha sido alcançada no sábado, dia do contrarrelógio de 32,2 quilómetros entre Vila Real de Santo António e Tavira. Evenepoel arriscou, atacou e triunfou com quase um minuto de avanço sobre o atual bicampeão da Europa nesta especialidade, Stefan Kung (Groupama-FDJ). Já David Gaudu (Groupama-FDJ), líder provisório da competição, ficou a mais de dois minutos. Esta margem foi o que garantiu a camisola amarela para o belga e uma liderança confortável no topo da classificação geral.

No último dia, o jovem de 22 anos contou com o apoio da sua equipa para gerir a etapa e garantir a vitória na Volta ao Algarve com 1m17s de vantagem sobre o segundo classificado, Brandon McNulty (UAE Team Emirates). Daniel Martínez (INEOS Grenadiers) perdeu para Higuita na etapa, mas conquistou o último lugar do pódio à geral.

Além da camisola amarela, Remco Evenepoel garantiu a camisola branca (classificação da juventude). A vitória na classificação por pontos sorriu ao neerlandês Fabio Jakobsen (Quick-Step Alpha Vinyl Team), sendo o camisola verde nesta edição da prova algarvia. Destaca-se também o português João Matias (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados), que foi consagrado como o rei da montanha após conquistar a camisola azul. A INEOS Grenadiers foi a melhor entre as equipas.

D.P – Volta ao Algarve

Foto: Nelson Inácio/Sul Informação

Share Button