Prova de Trail traz a Monchique mais de 500 atletas

O concelho de Monchique vai receber, no próximo dia 8 de maio, a III edição do Trail Serra de Monchique/HPA Saúde, que vai contar com mais de 500 atletas para competirem nos trilhos da vila de Monchique, Picota, Caldas de Monchique, Fóia e Barranco dos Pisões.

O evento está distribuído por três distâncias, sendo a mais longa intitulada “Ultra-veredas de Monchique, com 45 km, 2500m D+, que está integrada no Circuito Nacional de Trail Ultra da ATRP Série 100; seguindo-se a Trail dos Dois Cumes, com 26 km, 1500m D+ que também integra o Circuito Nacional de Trail da ATRP Série 100 e conta para o Circuito de Trail Longo do Algarve (AAALG) e para a Taça Alengarve. Por último, e com apenas 17km, surge o Trail Caldas-Picota 1000m D+ que integra o circuito nacional de Trail Sprint e Circuito jovem da ATRP série 150 e conta para a Taça Alengarve.

A prova Ultra-veredas tem início pelas 08h00, no Largo de São Sebastião. As outras duas distãncias começarão com uma diferença de 30 minutos, Todas as provas terminam no recinto da Escola Básica Manuel do Nascimento,

Paralelamente, vai realizar-se a Caminhada Solidária, com 8 km, revertendo o valor das inscrições, na sua totalidade, para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monchique.

Durante o percurso vão existir vários pontos de abastecimento para todos os participantes e no local da chegada, onde também serão entregues os prémios, haverá comes e bebes.

A prova tem como principal patrocinador o Hospital Particular de Alvor e conta com o apoio do Município de Monchique, da Junta de Freguesia de Monchique, da DK Sport, da Tailwind, do Intermarché de Monchique, da Fanatikallsports de Portimão, da Água Monchique e da Vila Termal Caldas de Monchique Spa Resort.

“Este evento enquadra-se na estratégia do Clube Desportivo e Cultural da Nave (CDCN)  para o desenvolvimento da modalidade emergente que é a corrida em trilhos, vulgo trail running, procurando afirma-la no concelho como local de excelência para a sua prática. Após o interregno de dois anos devido à covid-19, procuramos ser fator de ajuda ao setor da restauração e alojamento, que muito sofreu com a pandemia”, reforça o CDCN, entidade organizadora do evento.

Share Button