Possível espécie endémica identificada na Serra de Monchique

Uma possível espécie endémica da Serra de Monchique foi identificada no passado dia 19 de dezembro, no decorrer de um trabalho nocturno que o naturalista e fotógrafo amador Phillipe Evrard desenvolvera no Parque Aventura da Fóia e Barranco dos Pisões.

Trata-se da subespécie Salamandra Salamandra Crespoi, ou, à semelhança de outras espécies endógenas da serra, Salamandra de Monchique, a qual no entanto, ainda aguarda consenso científico.

Lúcio Feio, responsável pelo Alternative Tour, acompanhou Phillipe Evrard neste projeto pela serra e explica que «para se determinar uma subespécie, esta tem de apresentar, para além de diferenças visíveis, uma genética diferenciada, e de facto existem particularidades genéticas não só na Salamandra de Monchique, como em outras subespécies, tal como me transmitiu ontem o Phillipe Evrard».

«Fundamentado nos conhecimentos que tenho adquirido sobre a Serra de Monchique, como resultado da minha atividade profissional de promotor local de turismo de natureza, tenho afirmado várias vezes que esta serra deve, provavelmente, constituir o biótipo mais diversificado da Europa», acrescenta Lúcio Feio.

Phillipe Evrard colaborou com o Instituto para a Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) e Universidades do Porto e Lisboa, trabalhando na compilação da mais atual e importante publicação sobre anfíbios e répteis nacionais, onde, parte substancial das fotografias são da sua autoria.

Salamandra Salamandra Crespoi 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *