Porto de Sines assina Memorando de Entendimento com Zona Económica do Canal do Suez

Um Memorando de Entendimento (MoU) para estreitar as relações logísticas e portuárias de dimensão global  foi assinado ontem, dia 19 de setembro, no Ministério do Mar, pelo presidente da  Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS),  José Luís Cacho, e pelo Chairman Zona Económica do Canal do Suez. A ministra Ana Paula Vitorino esteve presente.

O MoU visa potenciar «o posicionamento do Porto de Sines como principal porto português grande hub da costa atlântica e porto de entrada do Atlântico na Península Ibérica e na Europa, nomeadamente nos intensos tráfegos Este-Oeste via-Canal do Suez», explica a APS em comunicado.

Atualmente a Zona Económica do Canal do Suez tem quatro áreas industriais e seis portos e está «localizada na encruzilhada entre África, Europa e Ásia, ocupando 461 km2 ao longo das margens do recém-expandido Canal de Suez, com posição geográfica estratégica na principal rota comercial entre a Europa e a Ásia», situa a APS.

Em termos do comércio, desempenha um papel «fundamental» a nível mundial e «promete reforçar a sua importância com o desenvolvimento de projetos como a mega iniciativa chinesa Belt and Road». Este memorando estabelece uma parceria e cooperação para o desenvolvimento económico, «tanto no aumento de oportunidades de negócios e volumes para o Porto de Sines, assim como no aumento do tráfego através do Canal de Suez», clarifica.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *