Portimão promove diálogo entre culturas com «Semana Intercultural»

A diversidade cultural vai ser vivida ao longo da semana de 25 a 29 de maio, em Portimão, com um programa de atividades que visam promover a partilha de experiências entre as comunidades. A Câmara Municipal de Portimão (CMP) explica em comunicado que pretende sensibilizar «todos os cidadãos para a importância da construção de uma sociedade mais justa, igualitária e intercultural».

Através de «Estórias do mundo e de todos»  o convite lançado através da leitura do lido «A Ovelhina Preta», ”de Elizabeth Shaw no dia 25 de maio, pelas 16h00, na Biblioteca Manuel Teixeira Gomes. A história será explorada por algumas crianças, no dia 28 de maio em instituições do Município.

O fim de semana coincide com o «III Encontro de Culturas», às 19h00, no auditório do Museu de Portimão, com «um espectáculo de música, dança e cultura de vários cantos do mundo promovido pela associação A CAPELA» e conta com «a participação do Estúdio ‘Mixdance’ da C.A.P.E.L.A; BayanMix de Albufeira entre outros, num momento de interculturalidade por excelência», lê-se no comunicado da CMP.

No dia 28 de maio a festa vai ser no Centro Comunitário da Cruz da Parteira, onde se vai celebrar «O dia do vizinho», um local de «encontro para os moradores dos bairros municipais e utentes dos Centros de Convívio Sénior do Município», numa «tarde de baile e caracolada, num ambiente de grande convívio e animação».

Quanto ao «Dia Municipal do Imigrante e Diversidade Cultural», este vai ser celebrado a 29 de maio e vai ser marcado pela entrega de Títulos de Residência aos alunos abrangidos pelo projeto ‘O SEF vai à Escola’, um programa de intervenção para a regularização documental de menores estrangeiros em situação irregular que frequentam a escola oficial em Portugal e que faz parte do Contrato Local de Segurança de Portimão», explica. O local e a hora serão ainda anunciados.

A iniciativa surgiu no âmbito Plano Municipal para a Integração do Imigrante e marca a agenda anual de atividades do CLAIM- Centro Local de Apoio e Integração de Migrantes, que pretende promover a política de inclusão para o acolhimento tolerante e solidário com os migrantes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *