Plano de Contingência de Saúde para o Verão 2019 foi apresentado em Monchique

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, esteve em Monchique, no dia 11 de junho, para a apresentação do Plano de Contingência Saúde Sazonal (PCSS) – Módulo Verão 2019, ativado entre 1 de maio e 30 de setembro e, eventualmente, noutros períodos em função das condições meteorológicas, na iniciativa intitulado «Juntos por um verão seguro 2019».

O dia começou no Moinho do Poucochinho, no Barranco dos Pisões, onde Graça Freitas assistiu a uma aula de ginástica senior, seguindo-se um momento musical com a atuação do grupo coral da Academia Sénior de Monchique e uma demonstração de culinária pelo chef Fábio Bernardino, atividade realizada em articulação com o Programa Nacional para a Alimentação Saudável. Foi ainda realizada uma visita guiada ao moinho de água, podendo os presentes ver como funciona o processo de moagem. No mesmo local também foi servido um almoço com produtos locais.

Na parte da tarde, o PCSS – Módulo Verão 2019 foi apresentado no centro da vila de Monchique, no restaurante «A Nora», no qual a Diretora-Geral da Saúde admitiu que «os organismos nacionais ligados à saúde, em articulação com os regionais e locais, estão preparados para dar resposta ao plano de contingência traçado, embora exista alguma preocupação com a resposta da capacidade dos serviços em determinadas zonas, devido ao aumento da população sazonal e explicou que este plano prevê «informação às pessoas, medidas de prevenção e controlo, permitindo comunicar os riscos existentes à população e aos parceiros do setor da saúde».

Na sua opinião, o período das férias de verão, é aquele em que as pessoas estão mais descontraídas e «existem mais comportamentos de risco, que é preciso evitar para diminuir o número de acidentes», frisando que «as mortes por afogamento são uma preocupação e estão muito associadas ao verão».

As medidas anunciadas apresentam um conjunto de recomendações que todos os cidadãos devem considerar no dia a dia, ao longo do verão, tais como «evitar comportamentos de risco, como o consumo excessivo de álcool ou as relações sexuais não protegidas», realçou a Diretora-Geral da Saúde.

Graça Freitas relembrou ainda para a «a necessidade das pessoas assumirem comportamentos preventivos face a condições meteorológicas extremas, nomeadamente ondas de calor, principalmente os grupos mais vulneráveis, como crianças e idosos, que se devem manter, acima de tudo hidratados, para evitarem problemas na saúde».

Rui André, presidente da Câmara Municipal de Monchique, que abriu a sessão, alertou para a «falta de profissionais de saúde», sugeriu «o envolvimento dos cidadãos no teatro de operações, sendo necessário, para isso, capacitá-los de forma a se tornarem elementos ativos, sobretudo para se autodefenderem» e enalteceu o trabalho realizado pela Unidade de Cuidados na Comunidade «Monscicus» e pela Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Monchique junto da população no âmbito da literacia da saúde».

Paulo Morgado, presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve exaltou os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde afirmando que «tem sido feito um percurso de crescimento e de melhoria», e que «a segurança é algo que temos de ser todos a construir».

Seguiu-se uma mesa redonda moderada por Manuel Arriaga, Direção-Geral da Saúde, com a participação de Luís Belo Costa, Autoridade Nacional de Emergências e Proteção Civil, Carlos Raposo, Instituto Nacional de Emergência Médica, Ilda Novo, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Paula Frango, Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, Patrícia Carneiro, Unidade de Cuidados na Comunidade «Mons Cicus» e Filomena Horta Correia, Unidade de Saúde Pública, na qual os intervenientes deram o seu testemunho, partilharam a sua experiência no terreno no âmbito da prevenção dos comportamentos de risco e na promoção dos cuidados a ter durante o verão.

No final da sessão as entidades parceiras, como os Bombeiros, Instituto de Socorros a Náufragos ou Instituto Nacional de Emergência Médica efetuaram uma demonstração de meios.

A iniciativa «Juntos por um Verão Seguro 2019» foi promovida pela Direção-Geral da Saúde, em parceria com a Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Monchique e contou com o apoio da ARS Algarve.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *