O Nostálico

Verão terminado, os nossos filhos regressam às aulas, as folhas começam a cair das árvores, em alguns empregos discutem-se orçamentos para o próximo ano e eu não sei se hei-de escrever primeiro sobre a palhaçada que é a campanha eleitoral para as próximas eleições legislativas, ou sobre o início de mais um campeonato de futebol em Portugal.
Como mantenho essa dúvida apetece-me escrever sobre Monchique! Tivesse eu outras condições e regressava já amanhã a Monchique. Sinceramente! Depois do valor gasto este ano em livros escolares para as minhas três filhas, depois do elevado IMI pago por estas “bandas” e de constatar que o trânsito em Lisboa está cada vez mais caótico, até pelo número cada vez mais elevado de greves nos transportes porque os seus funcionários entendem que devem ter ordenados mais elevados “esquecendo-se” talvez que não fosse o dinheiro de cada um de nós, contribuintes, e muitas dessas empresas já teriam fechado portas, não restam dúvidas que deixaria de imediato o reino de Portugal e voltava já amanhã ao reino dos Algarves! Nas férias gostei de passar uns dias na nossa terra, de mostrá-la a alguns amigos que nunca a tinham visitado e até de receber com agrado uma ideia de um deles, conhecedor de Óbidos, que devia ser fechado ao trânsito o centro da Vila (exceto aos residentes), enchendo de lojas e restauração essa mesma área, com produtos e serviços associados à terra mais bonita do mundo. E é sempre agradável encontrar antigos amigos residentes no litoral algarvio que se tinham deslocado à piscina municipal de Monchique porque tinham ouvido falar muito bem de tudo o que a rodeia. Amigo Marco! Deixa a velha Albion e regressa também! Ainda estou disposto a ver-te novamente na análise aos diferentes muros antigos de pedra no nosso concelho.
Sobre o próximo dia 4 de Outubro apenas vos digo: “Que se lixem as eleições!” E mais! Que gosto de chamuças, mas aquelas que são comestíveis, e que não consigo entender as diferenças substanciais entre os potenciais vencedores destas eleições. Votar em quem nos meteu na crise, quase “buraco”, ou em quem cortou pensões, salários e outras coisas mais? Votava rapidamente em Rui Rio! Mostrou trabalho feito e meteu na ordem um bimbo corrupto azul e branco. “Que se lixem as eleições!”
Finalmente falo de futebol! O clube das Antas ganhou ao Benfica no 1.º clássico da época mas teve a ajuda do antigo “super-dragay”, agora árbitro que permite movimentos de Kung-Fu durante o jogo (Maicon), e receia expulsar o Mini Pereira porque veste agora as cores do seu clube! Claro que o meu Benfica merecia talvez um treinador um pouco mais “ativo”, mais rápido a tirar um cansado André Almeida na 2.ª parte, mas mantendo no banco o tal de Talisca…
No entanto, ainda há muito campeonato pela frente! O “lapetegui” continua o mesmo “fraquinho” treinador e JJ não consegue domesticar o seu presidente nem convencer o Carrillo. Talvez até ao Natal ainda vejamos o JJ no bairro das Antas…
Despeço-me até outubro com votos de muitas vitórias encarnadas! Mas só no futebol!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *