Novos proprietários investem na renovação da Villa Termal das Caldas de Monchique

A Villa Termal das Caldas de Monchique Spa Reseort, adquirida por Adrian Bridge e Miguel Velez, tem a primeira fase de remodelações concluídas prevista para a Páscoa, sendo que serão anunciadas  outras renovações ainda este ano.

Os novos proprietários são «sócios fundadores da Unlock Boutique Hotels, a hotel management company portuguesa que será responsável pela gestão da operação da unidade, numa joint venture com Paula Nascimento, acionista da Sociedade da Água de Monchique, num negócio avaliado em 10,5 milhões de euros», explica o comunicado enviado à comunicação social.

Miguel Velez, acionista da Villa Termal de Monchique, afirma que «esta operação demorou sensivelmente um ano a ser concluída» e acrescenta que «no decorrer desse período foi possível investir na requalificação da oferta hoteleira e termal da Villa, na sua vertente de turismo de natureza e, complementarmente, nas experiências gastronómicas, totalmente em linha com o que a região de melhor oferece».

O acionista explica, ainda, que foi criado «um verdadeiro hub de bem-estar, que valoriza e eleva a um novo patamar de excelência do resort, que promete agora afirmar-se como um verdadeiro ponto de partida para descoberta do destino, ligando a qualidade única da Água de Monchique, com a componente de ‘termal spa’, turismo natureza e gastronomia».

A Villa Termal Caldas de Monchique ocupa cerca de 39 hectares recortados por riacho e vai contar com um total de 114 quartos, suites e apartamentos distribuídos por quatro unidades hoteleiras «diferenciadas e adaptadas às necessidades de vários targets, privilegiando sempre a qualidade e o conforto», lê-se no comunicado.

Com as renovações, nomeadamente na praça principal da Villa Termal, vai surgir o «novo Hotel Central, agora com um posicionamento de quatro estrelas superior» e a reconversão de um edifício do século XIX, o Hotel D. Carlos Regis. O objetivo passa por «voltar a reposicionar a estância, reforçando a sua competitividade turística. Apesar da oferta diferenciada, com públicos-alvos bem delineados, todas as unidades têm um elemento em comum: o serviço de excelência, em que o culto pelo detalhe é levado muito a sério e que orgulha toda a equipa», afirma Miguel Velez, CEO da Unlock Boutique Hotels.

Pode consultar mais informações sobre a Unlock Boutique Hotels aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *