Museu Municipal de Albufeira recebe exposição sobre dieta mediterrânica

A exposição «Dieta Mediterrânica: património a valorizar» vai estar patente no Museu Municipal de Arqueologia de Albufeira, até dia 28 de agosto, para dar a conhecer o tipo de alimentação que está inscrita na lista representativa do Património Cultural Imaterial da UNESCO, desde 2013.

A mostra, inaugurada no passado dia 17 de junho, contou com a presença de Jorge Queiroz, diretor do departamento de Cultura, Património e Turismo da Câmara Municipal de Tavira e Coordenador Técnico da candidatura transnacional da Dieta Mediterrânica a Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO, Carlos Eduardo da Silva e Sousa, presidente da Câmara Municipal de Albufeira (CMA) e Idalina Nobre, responsável pelo museu.

De acordo com a CMA, a exposição vai trazer os «diversos motivos de satisfação pela alimentação que marca a cultura mediterrânica desde tempos ancestrais e que tem vindo a ser alvo de interesse não só turístico, como científico», cujo «interesse pelos alimentos que constituem a nossa dieta e o modo de os confecionar tem permitido estabelecer padrões de comparação entre a nossa e outras práticas alimentares, sendo que uma das diferenças refere-se à longevidade e à manutenção da saúde».

Na sua intervenção, Carlos Eduardo da Silva e Sousa, que se dirigiu aos jovens presentes, evidenciou o figo como «a totalidade da refeição dos algarvios de outrora, devido ao seu valor energético e capacidade de conservação» e lembrou que «o vinho, os cereais e o azeite foram o mote para um pouco de história da região e benefícios para a saúde». O autarca fez ainda uma referência ao medronho e a outras bebidas que «deveriam voltar a estar na moda nas noites da região», salientando que «o sermos algarvios é algo que é muito nosso e que temos de dar valor ao que somos, sem ter que copiar ninguém».

Já Idalina Nobre, que fez uma apresentação sobre a alimentação em Albufeira, abordou «o apreciado café ainda em domínio árabe e as quantidades e qualidades das ostras outrora existentes no município».

«Dieta Mediterrânica: património a valorizar» pode ser visitada de quarta a sexta-feira, das 9h30 às 17h30, e aos sábados, domingos, terças e feriados das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h00. O museu encerra ao público às segundas-feiras.

 

28_dieta mediterrânica2
Sessão de inauguração da exposição no Museu Municipal de Albufeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *