Município de Silves aposta em melhorias das escolas no arranque do novo ano letivo

Melhorias nos espaços escolares, compra de mobiliário e de equipamento diverso, aumento nos apoios aos transportes dos alunos e inovações no material informático e segurança, são algumas das apostas que a Câmara Municipal de Silves (CMS) realizou para assinalar o início do novo ano letivo ou que prevê concretizar ao longo do mesmo.

A educação é uma área na qual a autarquia concede as mais importantes prioridades, pelo que assume o seu empenho no melhoramento de vários espaços escolares. Ao longo do último ano letivo, o Município de Silves efetuou intervenções e melhorias nas Escolas EB1 e Jardins de Infância, nomeadamente nas freguesias de Messines e Enxerim, cujos investimentos, «avultados em mobiliário e equipamento básico foram igualmente feitos noutros estabelecimentos de ensino, que agora abrem portas, estando, preparado um concurso que prevê a reparação e manutenção de equipamentos que se traduz num investimento de 20 mil euros», explica a CMS.  Ao longo de 2015/2016 estão previstas obras a nível da informática e segurança, como a colocação de alarmes, assim como a realização de sessões de educação e formação alimentar, integradas no concurso para o catering das escolas.

Por outro lado, e tendo em conta a dimensão do concelho de Silves, a autarquia elaborou um novo regulamento de transportes escolares, alargando esse apoio «a todos os alunos que frequentem cursos CEF, vocacionais e profissionais, aos que se matriculam nos cursos articulados, integrados e supletivos, e ainda aos alunos até ao 12.º ano que frequentem no concelho os cursos CEF, vocacionais e profissionais».

A CMS pretende também colaborar com as famílias e, nesse sentido, vai prestar apoio económico aos núcleos familiares mais carenciados do concelho e proceder à atribuição de bolsas de estudo aos alunos que frequentam o ensinam superior, cujo processo já está em curso. Foram ainda admitidas seis assistentes operacionais e três animadores, os quais já foram colocados nas escolas do concelho.

Até ao final do mês de setembro, vai ser lançado, pela primeira vez na história da autarquia, um documento com a oferta educativa para o presente ano letivo e será criado um grupo de trabalho para a elaboração do «Projeto Educativo Local», que procura uma «forte aposta na dinamização de parcerias com diversas entidades», visto que essas «têm vindo a dar frutos e têm permitido a realização de ações inovadoras para a comunidade escolar», esclarece a CMS.

Na abertura do ano escolar, o executivo permanente visitará os estabelecimentos de ensino, levando uma lembrança a todos os alunos do 1º ciclo: um pequeno estojo com material escolar.

A CMS entende ainda que «a educação e a valorização permanente da escola pública é uma das linhas prioritárias da atual liderança autárquica, porque é reconhecidamente um dos factores primordiais do desenvolvimento económico e social da região e do país».

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *