Monumentos algarvios tutelados pela Direção Regional de Cultura aumentam visitantes

Os monumentos com fruição pública controlada sob tutela da Direção Regional de Cultura do Algarve (DRCAlg) registaram, no primeiro semestre de 2016 relativamente ao período homólogo anterior, um aumento global de 10,3% de visitantes.

A entidade, que é responsável pela tutela da Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora da Guadalupe, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu, tem procurado divulgar e dinamizar todos estes monumentos através de «intervenções de reabilitação e valorização, que visam melhorar as condições de fruição», explica a DRCAlg na sua páfina de Facebook.

Para além disto, também a «criação em 2014 do Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos (DIVAM), em parceria com várias associações culturais e municípios algarvios, oferece aos visitantes uma programação cultural variada, contribuindo para uma maior diversidade na oferta cultural complementar dos monumentos do Algarve, levando as comunidades próximas a revisitar o seu património», acrescenta a mesma entidade.

A DRCAlg reconhece ainda que «a recente distinção do Promontório de Sagres com a Marca Património Europeu poderá contribuir para o reforço da valorização deste património único a nível europeu e mundial».

 

Foto de destaque: DRCAlgarve/João Pedro Costa

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *