Monchique celebra Jornadas Europeias do Património

As Jornadas Europeias do Património (JEP) vão ter lugar nos dias 25, 26 e 27 de setembro sob o mote «Património e Educação». Em Monchique, para assinalar esta efeméride, estão previstas duas atividades, sendo uma presencial e outra online.

A Aldeias Históricas de Portugal (AHP), em colaboração com o Município de Monchique, vai promover a ação intitulada «Memórias Recuperadas e Tradições Vivas», que terá lugar no dia 27 de setembro, entre as 15h00 e as 17h00. A atividade tem início às 15h00 no Miradouro de São Sebastião, com a realização de uma visita guiada pela história e património cultural da vila, orientada por José Gonçalo Duarte.

A partir das 16h00, na Quinta da Foia, está prevista a ação «Pausa para um café e dois dedos de conversa», que contará com as intervenções de José Gonçalo Duarte, que abordará o tema «Educação para o Património» e de Helena Pereira da Silva, para falar sobre «Recuperar para educar».

Esta iniciativa carece de inscrição obrigatória e terá um mínimo de 3 participantes e um máximo de 10.

Também a Junta de Freguesia de Monchique (JFM) se associou a esta efeméride, com a publicação de um folheto online que reúne a informação de todas as peças que estiveram em destaque no Polo Museológico de Arte Sacra, situado na cave da Igreja Matriz, que é gerido por esta autarquia. Recorde-se que, desde março, a JFM desenvolveu a ação «Património Cultural – Destaque do mês», com o objetivo de dar ênfase a uma peça relevante para a história local.

O folheto pode ser consultado através do seguinte link: https://www.flipsnack.com/pcmcq/polo-museol-gico-de-arte-sacra-destaque-do-m-s-2020.html

As Jornadas Europeias do Património (JEP) são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia que envolve mais de 50 países e que têm como principal objetivo sensibilizar os povos europeus para a importância da salvaguarda do património cultural. Para esse efeito, todos os anos, geralmente em setembro, cada país-membro elabora um conjunto de atividades diversificadas e gratuitas, em concordância com um tema que é previamente estabelecido.

Em 2020, o tema proposto é «Património e Educação», o qual pretende, segundo a Direção Geral do Património Cultural (DGPC) – que é a entidade coordenadora desta ação em Portugal – «sensibilizar para o papel do património na educação e para o papel da educação no património, para a riqueza  e para a complexidade desta relação».

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *