Monchique aciona Plano de Contingência para a prevenção e controlo do COVID-19

A Comissão Municipal de Proteção Civil reuniu durante a manhã de hoje, dia 10 de março, e foi acionado o Plano de Contingência no âmbito da prevenção e controlo de infeção pelo novo vírus Coronavirus (COVID-19). Na reunião estiveram presentes várias entidades, entre as quais a delegada de saúde e foram antecipadas algumas medidas, nomeadamente o reforço da informação sobre este assunto.

Rui André, presidente da Câmara Municipal de Monchique explicou ao Jornal de Monchique que «a implementação deste Plano de Contingência Interno» tem como objetivo «fazer face ao surto de COVID-19, é obrigatório e absorve as orientações emanadas pela Direção Geral de Saúde (DGS), onde são vertidas as orientações e recomendações dirigidas aos funcionários, nomeadamente no que respeita à preparação de um possível quadro de contágio no Município; identificação das áreas de isolamento internas; procedimentos internos a adotar em situação de caso suspeito e procedimentos inerentes à vigilância e à confirmação de infeção. O documento recomenda a adoção de alguns comportamentos, tendo em vista a minimização da possibilidade de um eventual contágio, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de etiqueta respiratória».

O Plano reforça ainda, segundo o edil, «a informação sobre a adoção de procedimentos básicos, assim como medidas preventivas e de antecipação».

Por enquanto, «decidimos apenas reduzir o acesso a alguns espaços públicos a frequentadores habituais, como por exemplo as piscinas e o ginásio municipal. Até final da semana será ponderado o encerramento de alguns serviços, para além dos atrás referidos». Também «não haverá transporte para o exterior do concelho em viaturas do Município, por isso serão canceladas todas as deslocações programadas no âmbito do desporto escolar ou outras que impliquem a deslocação a outros concelhos», esclarece Rui André.

No diz respeito aos alunos de Monchique que frequentam as escolas que estão encerradas em Portimão, o autarca acrescenta que, «de acordo com a delegada de saúde, os contactos primários deverão estar em quarentena, sendo que para os restantes não há, para já, outras orientações nem reservas».

«Amanhã, e após reunião da Comissão Distrital de Proteção Civil, uma vez articulado com outras entidades, pondero avançar com mais algumas medidas do que aquelas preconizadas para já no Plano de Contingência aprovado hoje, e que se enquadram num cenário de prevenção e monitorização. Neste momento o importante é que todas as entidades adotem as medidas propostas nos respetivos planos e que individualmente todas façam por cumprir as regras de segurança e higiene da DGS», conclui o presidente da Câmara Municipal de Monchique.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *