Monchique, 3 de agosto de 2020 – “Dois anos depois, continua tudo na mesma”

NI emitida pelo PSD:

“Dois anos depois, continua tudo na mesma”

«O dia 3 de Agosto, é um dia triste e infeliz para Monchique, para os Monchiquenses, e para todos aqueles que gostam de Monchique, como tal a Comissão Política de Secção de Monchique do PSD não poderia deixar de assinalar esta data.

Há dois anos, por volta da hora de almoço, no sítio da Perna da Negra, deflagrava o maior e pior que há memória! Foram 8 dias de horror e pânico.

Sim, é verdade que não houve vitimas a lamentar, mas ficaram vidas totalmente destruídas! Mais do que destruídas materialmente, destruídas psicologicamente. Com marcas que jamais serão esquecidas.

Dos mais de 27 mil hectares de floresta e mato, ardidos, a que não escaparam máquinas e alfaias agrícolas, pomares, adegas e armazéns agrícolas, arderam também cerca de 52 casas! Até ao dia de hoje apenas 2 foram reconstruídas! E as outras? Quanto mais tempo vai o Estado Central, através do Instituto de Habitação Urbana demorar a resolver esta situação?

Nos dias seguintes ao incêndio, sob os holofotes da comunicação, foi um “corrupio Serra acima” de Ministros e Secretários de Estado, onde não faltou à chamada o Senhor Presidente da República! Vieram consolar os Monchiquenses, e agora percebe-se, prometer uma mão cheia de nada!

A verdade é que pouco ou nada foi feito. E não parece haver qualquer de vontade de fazer o que quer que seja, pode ser que caia no esquecimento e os Monchiquenses se resignem!

Continuam por resolver situações simples como por exemplo, a sinalização das estradas. Os sinais ardidos, única utilidade que têm, é lembrar esta desgraça que assolou Monchique.

Foi prometido um Programa de Desenvolvimento Económico e Social de Monchique, que acabou por se transformar num Programa Reordenamento e Gestão da Paisagem da Serra de Monchique e Silves, com execução até em 2039!

É com este Programa que se vai promover no curto prazo, e já passaram 2 anos, o apoio às empresas e as famílias?

As pessoas de Monchique, não mereciam este infortúnio, mas muito menos mereciam a falta de apoio e respeito do Estado, que deveria ser “uma pessoa de bem”.

Os ficaram, e tiveram forças para continuar, melhor ou pior vão lutando! Jamais se resignarão!

Os que tinham dúvidas em ficar num Concelho envelhecido e sem grandes perspectivas de uma vida melhor, acabaram por ir embora.

Acreditamos que dias melhores virão, não nos conformamos e vamos resistir, mesmo que sozinhos!

Aproveitamos para saudar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monchique pelo seu 87º Aniversário, agradecer e enaltecer o trabalho dos Bombeiros que de forma abnegada estão sempre pontos para ajudar todos aqueles que precisam. Um bem-haja!

Monchique, 03 de Agosto de 2020
A CPS Monchique»

 

Nota: O Jornal de Monchique vai oferecer a publicação, a partir do mês de agosto de 2020, dos comunicados/notas de imprensa emitidos pelos partidos políticos locais tal qual chegam à nossa redação, não se responsabilizando nem pelo conteúdo nem pela forma. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *