Ler por prazer na Rádio Fóia

São sempre muitos os alunos que se voluntariam para participar na rubrica «Um Livro por Semana». Os que o fazem pela primeira vez conseguem que o nervosismo e a insegurança se transformem em autoconfiança e vontade de repetir a experiência e, quando regressam à escola, levam os corações a transbordar de orgulho, que é, normalmente, reforçado pelo entusiasmo dos colegas e pelas palavras carinhosas dos professores.

Nas últimas semanas, a nossa rubrica semanal de leitura foi inteiramente preenchida por alunas do 2.º ano de escolaridade das duas escolas do 1.º ciclo da vila de Monchique. A Lia Marques, que frequenta a Escola EB1 N.º 2, escolheu a história O Boneco de Pão Doce para a sua estreia na rádio e fez uma excelente leitura deste curioso conto tradicional, cujo desfecho nos leva a refletir sobre a esperteza de uma raposa matreira que, ao contrário da mulher, da vaca e do cavalo, consegue comer o tão desejado boneco de pão doce.

As suas colegas de turma, a Beatriz Rio e a Dalila Rio, optaram pela obra O ano em que o calendário avariou, de Manuel António Pina, e encheram o estúdio de boa disposição com uma magnífica e divertida leitura de um poema que nos fala de um ano «tão completamente maluco e tão completamente bissexto» que tudo sai ao contrário devido a uma avaria no calendário.

A girafa que comia estrelas, de José Eduardo Agualusa, voltou à Rádio Fóia nas vozes da Isa Sousa e da Mariana Balbino da Silva, da Escola EB1 N.º 1. Apesar de andarem apenas no 2.º ano, as duas meninas souberam controlar o nervosismo da estreia e leram a obra toda, da primeira à última página, recordando-nos a história de Olímpia, uma jovem girafa que andava sempre com a cabeça nas nuvens.

A Carolina Morais, que anda no 6.º ano e já está familiarizada com a leitura aos microfones da rádio local, disponibilizou-se imediatamente para preencher uma vaga de última hora na rubrica «Um livro por Semana», aceitando a sugestão de leitura que lhe foi feita na Biblioteca Escolar.

A nossa jovem leitora deixou-se cativar pela obra Nweti e o Mar, de José Eduardo Agualusa, e, com a sua leitura fluente e expressiva, apresentou aos ouvintes da Rádio Foia um livro invulgar, que nos leva a descobrir o poder dos sonhos, da amizade e do amor através do olhar de uma menina de seis anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *