Lagoa promove primeira Mostra Internacional de Cinema – ALGARES

A I Mostra Internacional de Cinema de Lagoa – ALGARES tem estreia oficial a 30 de abril, no recém-nomeado Auditório Carlos do Carmo, pelas 20h30, com a exposição «A aventura do cinema».

O mês de maio será dedicado à sétima arte com a «projeção de películas, aulas, conferências, exposições e desafios que prometem envolver os participantes numa literacia cinéfila mais alternativa», avança o Município de Lagoa, em comunicado.

Esta Mostra pretende contribuir «para o conhecimento de filmes e curtas-metragens que circulam fora da rede comercial e que se encontram premiados dentro e fora do país». Patente até ao dia 31 de maio, será inaugurada, neste evento, a película premiada em Cannes com o Prémio da Crítica e no Festival de Cinema Europeu de Sevilha com o Giraldillo de Oro 2017: «A Fábrica de Nada», de Pedro Pinho.

No dia 4, pelas 21h00, o «Lagoa Short Film Festival», terá a apresentação e entrega de prémios que será efetuada pela Nobel Internacional School Algarve. O dia 5 será dedicado ao conjunto de curtas premiadas, «Novas Curtas Portuguesas», pelas 21h30.

O Auditório do Convento de S. José vai receber uma aula sobre as origens do cinema, orientada por Graça Lobo, no âmbito da comemoração dos 20 anos do Programa JCE – Juventude, Cinema, Escola, da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, no dia 9 de maio, entre as 15 e 17 horas.

Ainda no âmbito do JCE, a ALGARES promove, no dia 16, pelas 18h30, na Biblioteca Municipal de Lagoa, uma conferência sobre «A Receção dos Clássicos no Cinema», por Adriana Freire Nogueira.

A 23 de maio, entre as 10 e as 13 horas, no Auditório Municipal, será acolhida a Festa do Cinema – Programa JCE (dirigida a alunos de 2.º Ciclo) e, pelas 18h30, a iniciativa «Vou levar os meus pais ao cinema», com a exibição de «O Garoto de Charlot», de Charlie Chaplin.

No último dia (31 de maio) da Mostra, realiza-se a exibição da película apresentada em 2015 no Festival de Sevilha, «O Futebol», de Sergio Oksman, e contará com a presença do diretor do Festival de Sevilha, José Luís Cienfuegos.

Para mais informações em AQUI.

23 lagoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *