Lagos: Jovem com covid-19 foi constituído arguido por violação de confinamento obrigatório

O Ministério Público da secção de Lagos do DIAP de Faro deduziu acusação para julgamento, em processo abreviado, contra um homem de 20 anos de idade, pela prática de um crime de desobediência agravada. O arguido tinha sido submetido a teste à covid-19, com resultado positivo.

Segundo a acusação, o arguido foi detetado pela PSP no passado dia 26 de junho a conduzir um veículo automóvel na rua, violando desse modo a obrigação de confinamento obrigatório no seu domicílio que lhe tinha sido imposta pela autoridade de saúde local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *