Incêndios florestais vão ser discutidos em Lagos

Ana Águas
Ana Águas

Na Semana da Ciência e da Tecnologia, o Centro Ciência Viva de Lagos (CCVL) e a Rede Nacional de Centros Ciência Viva serão o ponto de encontro para as instituições científicas, autarcas e cidadãos discutirem os contributos da ciência e da tecnologia na valorização da floresta e prevenção dos incêndios florestais. Como tal no dia 24 de novembro, às 20h30, decorre a palestra “Por Que Arde a Nossa Floresta?”, que será seguida de debate no Centro Ciência Viva de Lagos.

Este organismo associa-se, assim, «às instituições científicas dinamizando um debate para difundir o conhecimento científico que pode contribuir para a prevenção dos fogos florestais, podendo garantir ao mesmo tempo o reequilíbrio da floresta e a sua sustentabilidade.» A participação neste evento é gratuita.

Como intervenientes temos a monchiquense Ana Águas, representante do Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa, que proferirá a palestra que servirá de base à discussão pública da problemática dos incêndios, o monchiquense Rui André, presidente da Câmara Municipal de Monchique, «já que este Município revela uma aposta estratégica na floresta, vista não só enquanto produção primária, mas também como suporte de um turismo de qualidade e ao longo de todo o ano«» e Paulo Jorge Reis, vereador da Câmara Municipal de Lagos, comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Lagos e membro da Associação de Municípios “Terras do Infante”, associação que «tem desenvolvido, desde a sua constituição, uma importante atividade no sector florestal, na vertente da proteção e prevenção de incêndios”, nomeadamente através da criação de um corpo de Sapadores Florestais para os concelhos de Aljezur, Lagos e Vila do Bispo».
No decorrer da semana de 20 a 26 de novembro, o Centro desenvolve múltiplas atividades para celebrar a Ciência e a Tecnologia e promover a cultura científica.

Para as escolas, o CCVL apresenta Palestras à la Carte que permite a cada ciclo (2.º, 3.º ciclo e secundário) de uma escola dos concelhos de Lagos, Portimão, Vila do Bispo, Aljezur, Silves, Lagoa, Monchique e Albufeira a escolha de uma palestra a ser apresentada por um elemento da equipa do CCVL e as Tardes Maker que são dedicadas às escolas básicas do 1.º Ciclo no espaço do CCVL com demonstrações de robôs, autómatos e experiências com gadgets eletrónicos.

No sábado, dia 25 de novembro, o Centro realiza uma Oficina em Família dedicada à programação. «Vamos Programar». Trata-se de um workshop que ensina a programar em Scratch permitindo construir um pequeno jogo ou um desenho – esta oficina requer marcação prévia em info@lagos.cienciaviva.pt

No domingo dia 26, das 11h às 17h, o novo Espaço Dóing do Centro vai estar de portas abertas com demonstrações das oficinas que se podem realizar, da robótica à impressão 3D, passando pela eletrónica e computação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *