Superbikes trouxeram 42 mil espetadores ao Autódromo Internacional do Algarve

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) recebeu 41.922 pessoas, de 15 a 17 de setembro, para assistiram à maior prova de motociclismo em Portugal, o Motul FIM World Superbike Championship.

Na prova, décima do Campeonato do Mundo de Superbike, que após um ano de ausência regressou, pela nona vez, ao traçado algarvio, destacou-se Jonathan Rea que foi, mais uma vez, imparável e venceu pela 11.ª vez no campeonato, 5.ª consecutiva no AIA, depois de assumir a liderança logo na segunda das 20 voltas de corrida, após ter partido na nona posição e a vitória de Ana Carrasco, a primeira mulher a vencer uma prova de campeonato do mundo de motociclismo, tirando a primeira posição a Alfonso Coppola nos últimos metros depois de uma corrida de Supersport 300 muito intensa.

Bastante discutida, segundo nota do AIA, foi também a vitória na classe Supersport. Depois de Jules Cluzel e Lucas Mahias terem passado pela liderança, tal como Jacobsen, Kenan Sofuoglu subiu ao primeiro lugar na oitava passagem e não mais largou o primeiro posto mesmo pressionado por Lucas Mahias.

Nas Superstock 1000, Toprak Razgatlioglu venceu a prova do campeonato europeu onde o turco esteve num nível distinto para vencer com vantagem confortável face a Florian Marino e Maximilian Scheib, os seus companheiros de pódio.

Para Paulo Pinheiro, CEO da Parkalgar «foi um excelente fim de semana, o número de espetadores que passou pelo nosso circuito durante os três dias de evento surpreendeu-nos e superou as nossas expetativas».

 

Jonathan Rea (Kawasaki) Foto: Nelson Inácio
Jonathan Rea (Kawasaki) Foto: Nelson Inácio

 

 

Foto: Nelson Inácio
Foto: Nelson Inácio

 

 

Foto de destaque: Nelson Inácio l Sul informação

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *