Festival BPM vai juntar mais de 10 mil pessoas em Portimão e Lagoa

O festival internacional BPM vai realizar-se a partir de amanhã, dia 14, e até dia 17 de setembro nos concelhos de Portimão e Lagoa em sete locais diferentes, numa estreia na Europa como um dos eventos mais respeitados de música de dança no mundo.

O evento é destinado a maiores de 18 anos e celebra este ano a sua 10.ª edição, com expansão internacional a Portugal, depois de nove edições realizadas na Playa Del Carmen, no México, que juntaram mais de 70 mil pessoas.

Segundo a Câmara Municipal de Portimão (CMP), o festival tem prevista a participação, entre clientes e organização, de 15 mil pessoas, tendo sido estabelecido um teto máximo de venda de 12 mil bilhetes, dos quais já se encontram vendidos 9.500 em 10 países diferentes».

A CMP estima que «em média, cada participante estrangeiro despendeu cerca de mil euros, entre despesas de deslocação, alojamento e ingresso», para estar no Algarve nestes quatro dias. Para além deste valor, estudos do promotor do evento, a BPM FESTIVAL, Lda, «apontam para que cada turista efetue, ainda, despesas na economia local na ordem dos quinhentos euros, refletindo-se o acolhimento deste festival numa mais-valia para a dinamização do tecido empresarial local».

Os sete locais onde o festival BPM vai decorrer são estabelecimentos licenciados para receber público no âmbito dos espetáculos, dança e restauração, com horários diferenciados. Assim, estão disponíveis para os festivaleiros o NoSoloÁgua, o Blanco Beach, a Katedral, a Villa Mariazinha, o Oceans Club, o Cloque e o Centro de Congressos do Arade, sendo que «o acesso a cada espaço está consignado à sua lotação, tendo sido definidas medidas de controlo de acesso», esclarece a CMP.

Em antecipação, e considerando o impacto do evento na cidade, foi planeado um dispositivo operacional dos vários agentes de Proteção Civil locais para prevenção às diversas atividades previstas ao longo destes quatro dias, envolvendo os Bombeiros de Portimão, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), a Autoridade Marítima/Polícia Marítima (AM/PM), a Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Guarda Nacional Republicana (GNR), num total de 21 veículos e 115 operacionais.

«No terreno situado junto à rotunda da Marina de Portimão será estabelecido durante o evento, e em permanência, um Posto de Comando Operacional do Serviço Municipal de Proteção Civil, um Destacamento dos Bombeiros e um Posto Médico Avançado da Cruz Vermelha Portuguesa». Esta operação de segurança teve a sua reunião final de coordenação no passado dia 11 de setembro, após um processo de planeamento que se «iniciou no passado mês de junho e que contou com a participação de todos os agentes de Proteção Civil e demais intervenientes», explica a mesma fonte.

Mais informações sobre o festival BPM em http://thebpmfestival.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *