RTA propõe 200 eventos no Algarve no mês de junho

O mês de junho traz mais de duas centenas de eventos, maioritariamente ao ar livre, que convidam a sair de casa, anuncia a região de Turismo do Algarve (RTA), na sua publicação mensal «Guia do Algarve».

O destaque vai para o Festival MED que tem lugar no centro histórico de Loulé nos dias 29 e 30 de junho e 01 e 02 de julho. Eleito «Melhor Festival de Média Dimensão da Península Ibérica» nos Iberian Festival Awards e incluído no roteiro dos maiores festivais de World Music da Europa, o Festival MED vai contar com mais de 250 músicos, 55 bandas de 21 nacionalidades diferentes e 75 horas de música a acontecer em nove palcos. Ana Moura, a cabo-verdiana Teté Alhinho, o franco-argelino Rachid Taha que atuam no dia 29, Rodrigo Leão, o brasileiro BNegão e a cabo-verdiana Lura que sobem ao palco no dia 30 são alguns dos artistas já confirmados.

«Uma das maiores personalidades da música popular brasileira, Elza Soares, promete uma noite igualmente memorável num concerto único agendado para dia 14, no Teatro das Figuras, em Faro. E no dia 03, no Centro Cultural de Lagos, sobe ao palco um dos mais populares grupos argentinos de tango, La Porteña Tango Trio & Eugenia Giordano, que apresentam o espetáculo «Danzarin», que funde o tango cénico com o tango de salão», são mais duas propostas da RTA.

Dulce Pontes, em Albufeira, dia 10, Marco Paulo em Olhão, dia 16, The Gift em São Brás de Alportel, dia 1, Lena d’Água em São Bartolomeu de Messines, dia 03 e Luís Represas no Casino de Vilamoura, nos dias 9 e 10, também vão marcar presença na região em junho.

A Carvoeiro Noite Black & White decorre no dia 17 de junho na praia, ruas e praças do centro de Carvoeiro, em Lagoa. Músicos, DJs, performers, artistas de rua e milhares de pessoas vestidas de branco e o preto, pois são cores obrigatórias, vão animar a que vai ser «a primeira grande festa temática de verão no Algarve».

Num registo diferente saem à rua as Marchas Populares em honra de Santo António, São Pedro e São João. «Os desfiles de Quarteira (Loulé) são dos mais conhecidos na região, mas Portimão (diversas localidades), Olhos d’Água (Albufeira), Martim Longo (Alcoutim), São Bartolomeu de Messines (Silves), Faro e Tavira são locais alternativos para celebrar os santos populares no Algarve».

Além da música, há sugestões de teatro, exposições, dança, desporto, festas e festivais, feiras e mercados (incluindo os de velharias), com destaque para a Feira de Artesanato e Etnografia de Alcoutim, que vai ter lugar na praia fluvial no fim de semana de 10 e 11.

Para download:
Programa do Festival Med
Guia Algarve

 

Imagem de destaque: Festival Med

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *