Festival Al-Buhera anima Praça dos Pescadores no final de julho

A Praça dos Pescadores, em Albufeira, prepara-se para receber, entre os dias 27 e 31 de julho, mais uma edição do Festival Al-Buhera, que irá mostrar «o que de melhor se faz no país em termos de artesanato».

Durante cinco dias, este evento dedicado ao artesanato, gastronomia e música, vai encher um dos espaços mais emblemáticos da cidade com «centenas de tendas e várias bancas coloridas de peças genuínas em materiais que vão da morroquinaria, à cortiça, objetos em ourivesaria, cobre, bronze, latão, cestaria, têxteis, artes decorativas, sabonetes naturais, aromoterapia, bordados e artigos em tricot e crochet», explica a Câmara Municipal de Albufeira (CMA).

Este ano a organização apostou em artesãos vindos de outros pontos do país, nomeadamente de Vila Nova de Gaia, zona metropolitana de Lisboa, Madeira, Redondo e Évora, de onde vêm «os cobres, bronzes, peles e os tradicionais chocalhos, arte milenar distinguida pela UNESCO em dezembro de 2015», acrescenta a edilidade.

A gastronomia e doçaria regional do Algarve também vão marcar presença neste festival através das conservas, compotas, licores, mel e flor de sal, os quais vão, segundo a CMA, fazer «as honras da casa e disputar as atenções dos visitantes com os Pastéis de Tentúgal, doçaria conventual e produtos tradicionais da Madeira, como a ponha e o bolo do caco, entre outras iguarias».

A animação também será uma constante neste evento, que apresenta um cartaz do qual fazem parte grandes nomes do panorama musical português. No dia 27, o Al-Buhera abre portas com o espetáculo de José Praia, para aquecer o ambiente e chamar a palco José Cid, que promete animar o público com os seus maiores sucessos. No dia 28, o destaque vai para Viviane, com o grupo Al-Buhera a anteceder a atuação da cantora algarvia. A 29, os Al-Mouraria serão os primeiros a pisar o palco, seguidos do cabeça de cartaz, Diogo Piçarra. Os ritmos quentes da Jamaica vão fazer-se ouvir no dia 30, na voz de Richie Campbel, depois de já terem atuado Beto Kalulu & Compotas. A fechar o festival, no dia 31, atuarão a Banda Alhada, seguidos de Dengaz & Ahya Band.

O Festival Al-Buhera tem entrada livre e decorre das 19h00 às 01h00.

8_cartaz-al-buhera

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *