Governo visita área ardida em Monchique e diz «a grande vitória é vítimas zero»

A Proteção Civil declarou que o incêndio que começou a lavrar, no dia 3 de agosto, no concelho de Monchique, já se encontra em fase de resolução, ainda que os meios se mantenham em pontos estratégicos nesta fase de consolidação.

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, visitou durante a manhã desta sexta-feira, 10 de agosto, o Centro Tático de Comando montado na zona do Heliporto Municipal de Monchique, onde esteve reunido com os comandantes das operações e com o presidente da Câmara Municipal de Monchique, Rui André.

Do encontro, conclui que «a Autoridade Nacional de Proteção Civil foi o grande coordenador da operação. Destaca ainda «todas as instituições» que estiveram envolvidas, nomeadamente a GNR, os GIPS (Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro) e as brigadas territoriais que «se mobilizaram para garantir a segurança das populações».

O ministro considera que «a grande vitória é vítimas zero» e diz estar «muito satisfeito de estar aqui a celebrar o facto das populações estarem vivas».

Já durante a tarde António Costa, primeiro-ministro, reúne-se com os presidentes das câmaras dos três concelhos afetados, Monchique, Silves e Portimão. À entrada do encontro declara que «o mais importante é a salvaguarda da vida humana» dado que «uma casa, com ou sem seguro, é sempre reparável e a vida humana é irreparável». Rui André afirmou também, no mesmo local, que o «objetivo principal era não morrer ninguém e provocar o menor dano nas casas».

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *