Galeria de Santo António recebe quinze pioneiros do conhecimento

A Galeria Municipal de Santo António vai receber a exposição «Pioneiros do conhecimento científico do Algarve», de 21 de julho a 11 de agosto de 2017.

Trata-se de uma exposição itinerante, produzida por dez museus, pertencentes à Rede de Museus do Algarve, que revela onze figuras com legados importantes para o conhecimento científico da região e que desenvolveram a sua atividade entre o último quartel do século XIX e meados do século XX. O leque de personalidades apresentadas vai de José Sande Vasconcelos a Estácio da Veiga, passando por José Leite de Vasconcelos, Santos Rocha, Ataíde Oliveira, José Formosinho, Estanco Louro, Pe. Manuel Madeira Clemente, Pe. Nunes da Glória, Pe. Semedo de Azevedo e João Grade.

No entanto, atendendo à especificidade do concelho de Monchique pretende-se acrescentar, apenas nesta exposição, mais quatro «pioneiros do conhecimento», cujo trabalho foi muito importante para o conhecimento do território monchiquense. São eles Abel Viana, Octávio da Veiga Ferreira, Augusto da Silva Carvalho e José António Guerreiro Gascon. Os dois primeiros, juntamente com José Formosinho, procederam à identificação de diversos sítios e monumentos arqueológicos; Augusto da Silva Carvalho, embora não fosse monchiquense, escreveu e publicou três estudos sobre as Caldas de Monchique, com especial destaque para a obra «Memórias das Caldas de Monchique» (1939) e José António Guerreiro Gascon, o único monchiquense deste conjunto de investigadores, foi responsável pela obra «Subsídios para a Monografia de Monchique» (1955).

A iniciativa é promovida pelo Grupo de Dinamização Cultural «O Monchiqueiro» e apoiada pelo Município de Monchique e está aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *