FIMA abre «ode à Alegria» em Faro

A 32.ª edição do FIMA – Festival Internacional de Música do Algarve arranca no próximo sábado, dia 18 de março, pelas 21h00, no Teatro das Figuras, em Faro, com o concerto de abertura intitulado «Ode à Alegria».

«A Orquestra Clássica do Sul (OCS) será dirigida pelo maestro titular Rui Pinheiro e apresenta a monumental Nona Sinfonia de Beethoven, juntamente com o Coro Sinfónico Lisboa Cantat e os solistas Carla Simões, Cátia Moreso, João Cipriano e Nuno Araújo Pereira, para entoar a Ode à Alegria do poeta Schiller, que inspira esta obra, e que irrompe no andamento final. Neste andamento, é consolidada a mensagem universal num hino que apela à fraternidade dos povos. A Sinfonia nº 9 de Beethoven foi composta numa época em que este já se encontrava em total surdez e num certo isolamento estético, o que refletiu atitudes mais monumentalistas e de maior liberdade formal», anuncia a organização em comunicado.

«Neste concerto destaca-se ainda a estreia mundial da obra Eu.Rope de Luís Soldado, compositor associado da OCS. Inspirada no livro A ideia de Europa de George Steiner, o autor faz uma reflexão sobre o que é ser europeu, num mundo globalizado, e de como a Europa terá de olhar para a sua herança cultural e intelectual de forma a se reinventar», afirma o mesmo comunicado.

«O mês de março apresenta ainda dois concertos com a OCS, a 25, no Teatro Mascarenhas Gregório em Silves, com o programa de música de câmara Noite Transfigurada, e, no dia 31, o evento Food Symphony com o Chef Osvalde Silva e a OCS no Conrad Algarve (situado na Quinta do Lago), parceiro deste festival», conclui o comunicado.

Depois da sua última produção, em 2009, o FIMA é retomado este ano, assinalando a 32.ª edição deste que «é um dos mais antigos festivais do país, dedicado à música erudita». O programa inclui a realização de 20 concertos em todo o território regional, entre os meses de março e maio de 2017, contando, para tal, com a colaboração dos municípios e outras entidades do Algarve para a utilização dos diversos auditórios da região, ao abrigo do programa «365 Algarve».

Imagem: FIMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *