Festival das Camélias muda de localização e traz Viviane a Monchique

Monchique arranca para mais um Festival das Camélias, que terá lugar nos dias 15 e 16 de fevereiro, no Largo dos Chorões. Este ano num local diferente, sendo justificado pela Câmara Municipal de Monchique, entidade organizadora, que «tal como a flor, o próprio festival está em constante mutação e a sua natureza obriga a alterações no seu formato, local e programa». Mantém, no entanto, a sua essência «ao prestar homenagem a um ícone patrimonial e cultural do concelho: a camélia».

«Após 6 anos, existe a certeza e a convicção que Monchique é já uma referência e que reúne em si a distinção de “Jardim do Algarve” e o festival foi e é (mais) um impulsionador deste atributo», acrescenta a CMM.

«Discreto e cheio de vida», o certame vai centrar a sua temática no ambiente e na sua preservação, um dos temas mais comentados da atualidade, pelo que «a programação inerente ao festival irá transmitir uma mensagem aliada à consciencialização, à informação e à discussão em torno do planeta», explica nota da CMM.

Quanto à animação, a CMM promete «performances e teatros. Vamos manter, claro está, a exposição de camélias, a mostra de artesanato e doçaria, e a Rota das Camélias, este ano numa versão diferente». A música será da responsabilidade de Viviane, num concerto em homenagem a uma das maiores senhoras da canção francesa, Edith Piaf.

Programa
Dia 15- sábado
» 09h00 – Montagem da Exposição de Camélias pelos expositores
» 11h00 – Abertura ao público da Exposição de Camélias
» 11h00 – 18h00 – Exposição e Concurso “Camélias em flor – encanto e beleza natural”
– Mercado das Camélias
– Mostra de Artesanato, pela Associação Profissional de Artesãos e Artistas Plásticos de Monchique
– Mostra de Doçaria pela Pastelaria Doce & Arte
– Exposição de Trabalhos pelo Agrupamento de Escolas de Monchique
» 11h00 – 18h00 – Festival ComVida…. Meire Gomes –
Demonstração ao vivo do trabalho da artista
» 11h30 – “Uma gota no Oceano”
E se uma pequena gota de água falasse contigo? E se ela te levasse a conhecer alguns dos locais mais poluídos do planeta? E se ela te mostrasse como podes participar na mudança que o mundo precisa? Foi isto mesmo que aconteceu a Francisca, uma rapariga simpática mas que nunca se preocupou com estas coisas. Ela pensava que não podia fazer a diferença, que era apenas uma gota num oceano de pessoas que não queriam saber. Mas é precisamente uma gota, do verdadeiro oceano que a vai fazer embarcar numa aventura mágica e mostrar-lhe a importância que os pequenos gestos do dia-a-dia podem fazer.
» 15h30 – Espetáculo de rua “Alforria”
Alforria é um espetáculo em viagem, onde o público poderá se surpreender com a decisão da procura de uma vida mais feliz. Xica e Tibério trabalhadores incansáveis viviam escravizados, mas, nos olhos de Silvestre, o simpático javalicão descobriram que a amizade e a coragem são os guias do coração.
Dentro e fora da carroça mostra-se a vida e o ato de viver rumo à liberdade.
» 16h00 – Espetáculo Multi-Disciplinar “No Avesso das Palavras”
» 16h40 – Cerimónia de Entrega de Prémios do Concurso “Camélias em Flor – encanto e beleza natural”
» 17h30 – Concerto de Jazz pelo Trio da Orquestra de Jazz do Algarve

 

Dia 16 – domingo
»09h30 (ponto de encontro no Largo dos Chorões) – Rota das Camélias – Uma proposta para descobrir os encantos das camélias. Inscrições abertas até dia 7 de fevereiro (limite de 46 participantes)
» 11h00 – 18h00 – Exposição e Concurso “Camélias em flor – encanto e beleza natural”
– Mercado das Camélias
– Mostra de Artesanato, pela Associação Profissional de Artesãos e Artistas Plásticos de Monchique
– Mostra de Doçaria pela Pastelaria Doce & Arte
– Exposição de Trabalhos pelo Agrupamento de Escolas de Monchique
» 11h00 – 18h00 – Festival ComVida…. Meire Gomes –
Demonstração ao vivo do trabalho da artista
» 11h00 – Atelier de Origami
» 16h00 – Performance “O2”
Este espetáculo convida o espetador a uma reflexão sobre como poderia sobreviver uma sociedade, onde a tecnologia desvanece as relações humanas e o acesso ao oxigénio se torna um luxo.
» 17h00 – Concerto de encerramento “Viviane canta Piaf”.
«Viviane canta Piaf» é um concerto pleno de inspiração em que Viviane e sua banda prestam homenagem a uma das maiores senhoras da canção francesa, Edith Piaf.
Temas como “La vie en rose“, “Padam Padam“, “Non rien de rien”, “Sous le ciel de Paris”, “Milord” ou “Mon Dieu” entre outros, fazem parte de um alinhamento marcado por histórias de amor e tragédia, um espetáculo repleto de emoção e de algumas surpresas, em que Viviane irá conduzir o público aos longínquos anos 40-50 num ambiente bem parisiense.

Durante todo o Festival haverá animação circulante.

Todas as atividades têm participação gratuita

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *