Época balnear de Albufeira decorre de maio a outubro

Este ano, a época balnear em Albufeira vai decorrer de 15 de maio a 15 de outubro. A decisão foi tomada no passado dia 22 de janeiro, na reunião que juntou os concessionários das praias do concelho com a Câmara Municipal, representantes da APA/ARH, Autoridade Marítima e GNR.

A iniciativa, que visou a análise da época balnear de 2015 e agendar a deste ano, contou com a presença de Carlos Silva e Sousa, presidente da Câmara Municipal de Albufeira (CMA), Ana Vidigal, vereadora do pelouro do ambiente, Élia Cabrita e Isabel Pires, representantes da Agência Portuguesa do Ambiente – Região Hidrográfica do Algarve (APA/ARH), Tenente Pires Fernandes, adjunto do capitão do Porto de Portimão e Major Marco Henriques, comandante da GNR de Albufeira.

O alargamento do período de funcionamento da época balnear já acontece desde 2009, o que deixa edil albufeirense satisfeito pelo facto de todos os intervenientes na ação terem concordado com a sua deliberação, garantindo a segurança dos veraneantes e qualidade da água.

Carlos Silva e Sousa explicou que «a época passada correu muito bem, graças ao empenho e cooperação de todas as entidades aqui presentes». O Município de Albufeira é o concelho do país com maior número de Bandeiras Azuis, bem como de praias com Qualidade de Ouro e a quantidade de zonas balneares com o galardão de Praia Acessível e Praia Saudável também têm vindo a aumentar.

Apesar destes números deixarem o autarca orgulho, Carlos Silva e Sousa diz estar «consciente do que a situação representa, quer em termos individuais, quer em termos colectivos, sobretudo porque a qualidade ambiental do concelho tem fortes implicações no desenvolvimento turístico e económico da região, projetando o nome de Albufeira de forma muito positiva».

«O objetivo passa por fazer sempre mais e melhor para que Albufeira continue a ser líder a nível ambiental e a merecer a preferência de residentes e dos milhares de visitantes que todos os anos elegem o concelho como destino de férias», concluiu o edil no final da sua intervenção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *