Detido por suspeita de violência doméstica em Lagos

Em Lagos, foi detido, por ordem Ministério Público da secção de Lagos do DIAP de Faro, na passada terça-feira, dia 15 de maio, um homem de 58 anos de idade por suspeitas da prática de um crime de violência doméstica e de detenção de arma proibida.

O arguido e a vitima namoraram durante 15 anos e casaram em 2015. Em março de 2016, após a vítima ter mostrado intenção de se divorciar, o «arguido terá, repetidamente, injuriado, agredido, ameaçado de morte, e perseguido a ofendida, designadamente no local de trabalho, bem como entrado em casa desta, contra a sua vontade», lê-se na publicação da página da Comarca de faro.

O primeiro interrogatório judicial aconteceu em Lagos, tendo o arguido ficado em prisão preventiva até «se reunirem as condições de ficar sujeito a obrigação de permanência na habitação, com recurso a meios controlo de à distância». O contacto coma  vítima e a aquisição de armas de fogo foram também proibidas.

Este inquérito judicial é dirigido pelo Ministério Público da secção de Lagos do DIAP de Faro, com a coadjuvação da Polícia de Segurança Pública, que procedeu à detenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *