CSI Medronho

Com quem é que aprendeu a fazer medronho?
Aprendi com o meu pai, avô e bisavô… passou de geração para geração e, há muitos, muitos anos, que a nossa família faz e as pessoas aqui em redor também.

Quais são as etapas para fazer o medronho?
A apanha, a fermentação e a destilação.

E quando é que se faz e quais são os cuidados especiais a ter?
A apanha faz-se a partir de dezembro, às vezes, entre outubro e dezembro. É preciso ter cuidado para não apanhar folhas e o fruto tem que estar vermelho. A fermentação leva cerca de dois meses e os frutos são colocados naqueles grandes barris que podem ver ali. A destilação faz-se em fevereiro. Tem de estar tudo bem limpo e o fogo na temperatura certa.

E o que é que é preciso para fazer medronho? Quais são os objetos utilizados?
É preciso medronho (o fruto), água, caldeira, pipa e garrafas.

E que espaços são necessários para fazer o medronho?
Temos vários espaços: o sítio da incubação, o da caldeira, do alambique e o sítio onde está a lenha.

E são necessárias diferentes divisões?
É mais seguro…

Acha que esta tradição vai continuar?
Acho que sim. Depende das zonas, se quiserem continuar a tradição dos mais velhos, se quiserem continuar a apanhar.
Quais são as principais ameaças?
Os incêndios! A burocracia também… O Estado cada vez está a pôr mais pressão, querem mais, mais, mais e nós como somos pequenos não conseguimos o que eles querem.

Qual é a sua relação com a produção e a comercialização do medronho?
Estou dentro da produção toda, eu é que faço tudo. Vou p’rá apanha, engarrafo, faço os rótulos… e até temos uns cartões feitos por nós. Eu encho as garrafas e vou levar às pessoas…faço a produção, comercialização e distribuição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *