Covid-19: Município de Monchique cria programa de proteção à comunidade

A Câmara Municipal de Monchique (CMM) distribuiu viseiras, máscaras e luvas a todo o comércio local que reabriu ontem, dia 4 de maio.

Esta iniciativa insere-se no programa «Proteger Monchique», que visa «preparar a comunidade para a gradual abertura do espaço público e da vida social depois do período de confinamento, decretado pelo Estado de Emergência e na sequência da pandemia COVID-19», explica a autarquia.

A comunidade também será abrangida por este programa, uma vez que vão ser distribuídas «máscaras comunitárias reutilizáveis por toda a população, sendo que estas chegarão ao domicílio de todos pelo correio e garantidas todas as condições de segurança e de higienização». A CMM prevê, assim, «que durante as próximas semanas todos os habitantes do concelho recebam pelo menos uma máscara de proteção individual em sua casa».

De acordo com a edilidade, as máscaras que vão ser distribuídas à população foram adquiridas «a uma empresa certificada para o efeito e os tecidos utilizados têm a garantia de qualidade, podendo ser reutilizadas pelo menos 50 vezes se devidamente lavadas após cada utilização».

A autarquia acrescenta ainda que vai disponibilizar «todo o apoio técnico necessário, através da constituição de uma equipa multidisciplinar para apoio às empresas neste momento difícil em que é necessário alterar procedimentos, adaptar espaços e adequar um conjunto de metodologias às novas exigências sanitárias e que permitam aos comerciantes e aos seus clientes, manter a distância social recomendada e garantir os níveis de segurança exigidos».

Para além disto, foram adquiridos equipamentos de tratamento ambiental permanente para o ar e superfícies, que também serão disponibilizados às empresas para auxiliar no processo de reabertura e higienização dos espaços. A CMM explica que «estes equipamentos à base de ozono, realizam uma ação corretiva e preventiva de todo o género de contaminação ambiental do ar, incluindo o Coronavírus e serão também usados na retoma gradual laboral nos vários locais de trabalho e viaturas do município, incluindo escolas e creche municipal, reforçando e otimizando desta forma a aplicação das normas da COVlD-19 no que respeita à higiene do ar e das superfícies».

Rui André, presidente da CMM considera que a melhor forma para «o regresso à normalidade que todos desejamos, é mesmo continuarmos a adotar uma postura responsável e de respeito pelas regras determinadas pelas autoridades locais e de saúde». O autarca garante que «a Câmara Municipal estará sempre ao lado da sua população e dos seus empresários para ajudar a minimizar os efeitos desta pandemia e a fazer tudo o que está ao seu alcance para melhor proteger a comunidade e cada um dos seus munícipes perante esta ameaça». Apela ainda a todos os munícipes para continuarem a respeitar o dever cívico, «reduzindo ao máximo os comportamentos de risco, uma vez que o concelho e a sua população tem dado um excelente exemplo de cidadania e solidariedade que temos todos o dever de continuar a construir».

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, interiores

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e interiores

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e interiores

A imagem pode conter: 1 pessoa, interiores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *