Celtas são destaque no Mercado de Culturas em Lagoa

A Cultura Celta vai estar em destaque na terceira edição do «Mercado de Culturas… à Luz das Velas» que regressa ao Convento de São José, em Lagoa e ruas circundantes, entre os dias 7 e 10 de julho, das 19h00 às 01h00.

Depois de nas edições anteriores terem estado presentes as culturas muçulmanas (2014) e judaica-sefardita, (2015) este festival de caraterísticas únicas em Portugal «dará a oportunidade a mais de 60 artesãos de várias culturas e religiões de conviverem em harmonia e mostrarem as suas tradições, sabores e artes aos visitantes», explica a Câmara Municipal de Lagoa (CML), entidade organizadora do evento.

Ao longo dos quatro dias de festival, haverá oficinas de Tarot de Runas, assim como de Tiaras Celtas e será realizado o ritual «A Queimada», considerada uma «tradição milenar dos povos da Galiza e norte de Portugal, que embora ninguém saiba ao certo qual a origem, há quem a ligue ao dia dos mortos e quem estabeleça relações entre a Queimada Galega e algumas tradições Celtas», acrescenta a edilidade.

Também haverá espaço para o Conto do Mago Merlin e para um espetáculo de evocação da Beltane, com dança e fogo. Já a nível gastronómico, o festival irá apresentar, nos claustros do Convento, diversas ofertas de carne servida na telha, cervejas artesanais e hidromel.

A música do mundo celta também vai ser uma constante no festival, estando já confirmadas as atuações de Linda Scanlon, da Irlanda, Sheela na Gig, da Galiza/Reino Unido, Malcolm Macmillan, da Escócia e Margane Le Cuff, da Bretanha.

Uma das grandes novidades desta terceira edição é a presença de um grupo de Caretos, personagens do carnaval de Trás-os-Montes e Alto Douro, que se acredita terem raízes celtas.

A organização, que espera cerca de 40 mil visitantes, considera que «o aspeto mais importante deste evento cultural será o acendimento diário de 12 mil velas, com as quais vão ser desenhados símbolos, amuletos e runas celtas», as quais «estarão posicionados nas entradas e no interior do mercado e também na Praceta dos Símbolos, constituindo um espetáculo de enorme beleza cénica».

Simultaneamente ao festival, vai estar a decorrer no Convento de São José uma exposição de fotografia, intitulada «Portugal Celta» e uma outra denominada «Máscaras Ibéricas de Tradição Celta», onde vão estar 50 máscaras ligadas a cultos celtas, ao solstício de inverno e à fertilidade.

O evento tem entrada livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *